Sem sorte com o namoro

A pois acaba o filme, vocês vieram pra casa mais Vocês encontraram a sua melhor amiga com o namorado dela que era o melhor amigo do seu namorado} {Seu namorado estava planejando em fazer um pedido de namoro melhor que antes, sua melhor amiga sabia então ela levou você pra dar uma volta, e o melhor amigo do seu namorado, ficou pra ajudar,} As perspectivas individuais sobre o que constitui um namoro variam. É ... é possível ter os significados sem os rótulos e c) a concomitância de rótulos e significados é pura sorte, ... UMA MULHER SEM SORTE NO AMOR. Chris Allmeida. Seguir. há 6 horas 1 view. Sua vida amorosa é resultado dos padrões mentais que você está cultivando a seu próprio respeito. ... ♥ Como reconquistar um amor Reatar namoro, casamento, noivado, relacionamento Saiba aqui. Kristinabf. Por Isaias Costa É com alegria que compartilho com você uma história muito interessante e instigante que escutei em uma palestra do Roberto Carlos, não o cantor, nem o jogador de futebol, mas o palestrante motivacional mineiro que é considerado um dos melhores contadores de história do Brasil. Aproveito para deixar como excelente sugestão de… Sem sorte no amor. Esperamos que uma dessas mensagens sobre sem sorte no amor sirva para você ou para seu momento. Toggle navigation. Paixão e Amor. ... 7 meses de namoro. O sete é um número da sorte Depois de sete beijos Algo pode a... 9 meses de namoro. Hoje fazemos nove meses juntos, Nove meses de maravilhosa experi... Se o seu namoro for sério, seu casamento não será um tiro no escuro, e nem uma roleta da sorte. O seu casamento vai começar num namoro. É claro que a primeira exigência tem que ser a reta intenção sua e do outro, mesmo que ninguém esteja pensando ainda em noivado. Narealidade se gozamos 1 ou 2 veses ficamos o dia inteiro sem pensar Que cara otario Esperou 4 anos kkkkkkkk O unico amor e coraçao que disponibiliso E para meu pai, mae,irmao e primo/por que somos muito amigos des de criança\ O resto e igual diplomacia de paises, muda toda hora. Este amor, que inclusive citado nas musicas e tudo babboseira ... FRED, UM HOMEM SEM SORTE NO AMOR. Publicado em 22 de junho de 2020 por Luiz Berto Filho. Prédio da Secretária de Saúde onde Fred conheceu a viúva. ... que já havia batido na cara de vários namorados e rompido o namoro, quando estes mijavam fora da bacia. Sem sorte ao amor, a apresentadora da TVI foi «abandonada» pelo ator angolano Pedro Hossi. Enfurecida com o fim do namoro, adedica-se aos desafios profissionais, ela que retomou a relação com João Pinto, o pai dos filhos, João, de 14 anos, e Diogo, de dez. Saiba tudo na Nova Gente, já nas bancas! Faça a assinatura da sua revista aqui. Você não foi o primeiro dos homens a aparecer de repente e me tirar o sono, nem o primeiro a bagunçar a minha vida inteira ou a me tirar do eixo e me deixar sem saber o que fazer. Você não foi o primeiro que eu disse pra sempre, nem o que recebeu as minhas primeiras cartas ou ouviu as minhas primeiras declarações.

Senta que lá vem história

2020.08.31 05:18 _powerguido_ Senta que lá vem história

Ficamos juntos por 5 anos. E não foram 5 anos fáceis - minha ex namorada teve problemas que eu não sabia como ajudar. Ela era literalmente stalkeada por um ex colega de classe que simplesmente se apaixonou por ela e passou mais de dois anos perseguindo ela no trabalho, no mestrado, na academia. Chegou a conspirar com colegas da faculdade pra saber onde ela estava, quem eram as pessoas próximas dela. Tentou rapta-la, mais de uma vez. Subornou familiares para ficarem do lado dele. Pra ela, ele era só um cara que não sabia expressar os sentimentos bem. Se ele parou? Não. Mas reduziu a agressividade consideravelmente e hoje em dia se limita à "só" mandar um buquê de rosas no aniversário dela.
O cara já estava tão enraizado na vida dela antes de eu aparecer, que eu simplesmente não consegui convencer nem mesmo a minha ex de que ele era um cara realmente transtornado. O terror que era esse cara na vida dela só serviu pra agravar ainda mais o caso grave de ansiedade que ela tem. Vocês sabem o que é ver uma crise de ansiedade pela primeira vez, sem nem entender o que estava acontecendo? Mas uma crise grave mesmo, de fazer a pessoa chorar por duas horas sem parar, de ficar arranhando o corpo todo com as unhas e viver com hematomas nos membros do corpo por causa disso. E isso começou a ficar constante... uma hora eram uns arranhados no rosto, depois nas pernas. Até o dia em que eu fui ver ela e os dois antebraços estavam quase em carne viva.
E o pior, é que eu quase nem me lembro mais dessa época. Foi muito intenso e me afetou negativamente por muito tempo. Eu conseguia entender que um babaca machista se via no direito de perseguir uma mulher só porque ela não queria namorar com ele - mas meu deus do céu, eu com certeza não conseguia entender como ela mesma não via o quanto ela precisava de uma ajuda profissional por causa da influência negativa desse cara na vida dela (e por vários outros motivos que não valem nem a pena serem citados). Ela me usava como substituto pra tudo que ela não tinha na vida dela - um pai, um irmão, um psicólogo, um amigo. E eu me deixei levar, porque era ingênuo. Porque era meu primeiro namoro. Porque eu achava que eu podia consertar isso. "Depois das primeiras sessões no psicólogo ela vai perceber que esta fazendo bem pra ela", eu dizia pra mim mesmo. Passamos em tantos psicólogos, psiquiatras, gurus. Fizemos academia juntos, eu praticamente morava com ela e não ficava mais com minha família. Eu achava que eu podia dar um jeito na vida daquela menina.
E sinceramente? Eu podia mesmo. Eu não acho que falei alguma coisa errada pra ela em todo o tempo que estávamos juntos. Mas ela nunca me ouvia. E se ela ouvisse, talvez ela tivesse passado por essas situações com mais facilidade, nosso relacionamento teria tomado outros rumos e nós ainda estaríamos juntos. Mas não estamos, e quem está perdendo com isso é ela, porque ela não me superou com certeza. Ela mesma me fala isso.
Eu não acho que eu era um namorado incrível e maravilhoso. Eu nunca tive um carro pra conseguir dar um rolê com ela. Com meu dinheiro mal dava pra gente ir no cinema uma vez por mês. Mas cara, eu me esforçava tanto, tanto mesmo. Lembro que eu um dos dias dos namorados eu quase varei a noite fazendo uma carta à mão de umas 10 páginas, tinha vários desenhos coloridos, poemas apaixonados e promessas de amor. Ela achou ok. Gostou mais do bicho de pelúcia que eu também dei, que custou 10 reais e que claramente não tinha nenhum valor sentimental pra mim. É muito difícil lidar com um cara que persegue sua namorada, mas acho que é mais difícil quando sua própria namorada não dá valor pra como você expressa seu amor por ela.
Mas você leitor deve estar pensando "Mas você disse isso pra ela?" E a resposta é sim. Eu sempre fui sincero com ela, se algo me chateava, eu dizia. Nada do que eu estou escrevendo aqui é algum segredo pra ela. E eu achava que ela ia trabalhar essas informações pra criar um relacionamento mais confortável pra mim e pra ela. Mas ela escolheu ignorar.
Mas o motivo de eu estar escrevendo tudo isso mesmo na verdade é outro. A gente terminou, mas foi razoavelmente tranquilo e decidimos continuar nos falando. Nós dois somos adultos, não é porque discordamos de alguns pontos que precisamos deixar de apreciar a companhia um do outro pra todo o sempre.
E é aqui que sou obrigado a voltar pro começo do nosso namoro. Porque apesar de termos iniciado o namoro cada um com mais de 30 anos, perdemos a virgindade juntos. Crescemos sexualmente juntos. Aprendemos tanto juntos! Eu mais ainda, visto que era meu primeiro namoro. E eu reclamei muito aqui da minha ex (e ela realmente tem os defeitos muito marcantes dela), mas eu também preciso admitir que ela em muitos momentos foi tão minha parceira, minha confidente, minha amada. Eu passei calado por todas as situações que eu já descrevi aqui e muitas outras tão ruins quanto porque, no fundo mesmo, pra mim estava valendo a pena. A gente tinha intimidade, apesar da dificuldade extrema dela de se abrir pra mim. Eu estava sacrificando meu bem estar mental e físico para sustentar o nosso relacionamento.
Tanto que só perto do final do nosso relacionamento que ela assumiu pra mim a atração por outras mulheres. Eu entendo ela, tem gente que não reage bem à isso. Eu tenho certeza que a família dela não reagiria nada bem. Entendo que era um segredo que ela queria deixar só pra ela, e que mesmo com toda a intimidade sexual que a gente tinha, ela também tem o direito de manter coisas só pra ela. É justo.
Só que eu não fiquei com raiva, nem com medo de ela querer me trocar por uma mulher, nem tive essa ideia fetichizada de transar com duas mulheres ao mesmo tempo. Eu sou um cara hétero, mas eu acho o amor lésbico de uma sensibilidade e de uma beleza inexplicável. Eu sempre me sinto mais seguro perto de mulheres, sempre me conecto mais com elas. Desde pequeno eu gosto da presença feminina. Então a ideia de duas mulheres partilhando um relacionamento, parece uma coisa quase mágica pra mim. E de novo, não é nada sexual nem fetichizado, eu realmente só acho muito bonito mesmo. Então qual foi minha reação quando descobri que minha ex tinha vontade de viver isso que eu acho tão incrível? Incentivei ela à correr atrás disso.
Mas é claro que ela, criada numa família extremamente católica, iria simplesmente sair atrás de uma guria do dia pra noite. Foram meses de conversa, de aceitação da parte dela também, de entender que ela não era uma aberração da natureza porque sentia atração pelo mesmo sexo (e também pelo sexo oposto). Nossos últimos meses juntos foram repletos de muitas conversas relacionadas ao mundo LGBT+ e afins. Acho que nós dois também já sabíamos que as coisas não estavam mais super bem entre nós, e que era questão de tempo até a gente se separar. Nosso relacionamento estava bem desgastado mesmo. É estranho porque a gente consegue ser extremamente forte pra parceira quando ela precisa ir correndo pro hospital, ou tem uma crise de pânico, ou não se sente segura na rua e precisa que você pare o seu dia para fazer companhia à ela - mas parece perder a motivação quando essas situações se normalizam e você percebe que talvez aquela pessoa simplesmente não tem a proatividade de te mandar uma mensagem perguntando "como foi seu dia", e de alguma forma sempre está online no whatspp. Sim, nosso relacionamento acabou. E foi bom ter acabado. Eu precisava desse término, muito mais do que eu precisava de uma namorada.
Mas também é muito bom saber que aquela pessoa por quem você passou anos cultivando um sentimento também está vivendo a vida dela. É bom saber que dá pra gente marcar um dia pra devolver as roupas dela que ficaram aqui em casa, sem drama, sem dor de cabeça. Ela foi muito madura no término, eu também. De certa forma nosso namoro acabou, mas continuou como uma amizade - bem menos intensa, bem menos problemática, bem mais fácil de lidar. Mas também sem as partes boas, sem aquela sensação de que se está ajudando a pessoa. Mas é muito mais do que milhares de pessoas separadas têm hoje em dia. Não posso reclamar, eu tenho muita sorte.
Eu só queria mesmo poder partilhar com ela a experiência da descoberta homoafetiva dela. O que não vai acontecer, já que ela já deixou claro que não é obrigada a revelar nada da vida pessoal dela agora que nosso relacionamento terminou - e ela tem total razão nisso. Eu sei disso, eu concordo com isso, e ao mesmo tempo eu acho que ela está sendo tão injusta por me negar esse fato.
Eu sei que não justifica, mas eu me dediquei tanto ao nosso antigo relacionamento juntos. Tive que entender que eu não estava mais sozinho no mundo, eu tinha alguém pra dividir o mundo comigo. Eu tive que aprender a baixar minha guarda, contar o que me dava medo, me expor totalmente à alguém, me desconstruir inteiro. E isso é muito difícil pra mim. Eu sei que ela não me deve nada, e eu sei que eu sou um idiota por me apegar tanto à esse motivo tão besta. Mas isso é realmente importante pra mim. Tem uma coisa dentro de mim que é ansiosa em saber se minha ex está se sentindo acolhida por uma outra mulher, se teve uma boa primeira experiência. De novo, eu sei que soa muito trivial, mas é uma verdade tão grande dentro do meu coração que me faz querer chorar quando lembro que isso nunca vai acontecer.
E não tem nada que eu possa fazer a não ser aceitar. E é exatamente isso que eu venho tentado fazer, pelos últimos 6 meses.
submitted by _powerguido_ to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 05:25 player_br1 Um ano frustrante

Primeiro vou esclarecer umas coisas Eu to com sono então provavelmente só vou responder amanhã e erros d português é culpa do sono.
Vcs já devem ter lido vários posts assim, mais eu ja to a uns meses querendo falar disso. Esse ano tinha tudo para ser o melhor ou um dos melhores da minha vida, por ter entrado no ensino médio eu mudei de escola, e eu n podia pedir por uma sala melhor, tipo, eu realmente odiava a minha antiga sala, era um nível q tinha dias q eu n ia porque era perda de tempo, os professores n conseguiam dar aula, porém eu troquei d escola e o povo dessa escola é tudo q eu sempre quis, e p melhorar em uma sala d uns 25 alunos só 4 eram homem, então eu estava muito confiante que ia arrumar uma namorada, finalmente eu teria o meu primeiro namoro, só que tipo eu sou tímido p caramba, então nos 2 meses q eu tive de aula eu n fiz amizades "d vdd", as pessoas eram só colegas q eu talvez ja pudesse chamar de amigo. Então a quarentena começou Eu imaginei que ela iria durar pouco, então eu n me esforcei p continuar falando com os meus novos amigos (eu gosto d chamar eles assim), e quando as aulas online começaram, eu basicamente dormia a aula toda, então resumindo mt, eu n fiz amizades direito durante o primeiro semestre, algo que me fez mt mal, eu posso ter alguns amigos da antiga escola q eu realmente gosto, porém eles estão cansados, eles tiveram férias quando a quarentena começou, basicamente só isso aconteceu ate julho JULHO Eu dei sorte, tive férias o mês todo, durante esse mês ocorreram muitas coisas, primeiro, eu comecei a passar grandes períodos de tempo sem falar com nenhum amigo meu, como eu disse eles estão exaustos e tudo ta virandi briga, eu me apaixonei por uma menina da minha sala (pretendo falar com ela amanhã, nem sei como nem oq), me apaixonar eu nem sei como isso começou, ela é uma das pessoas q eu chamo d amigo da escola nova, durante as aulas antes da quarentena eu só a via como uma pessoa legal, principalmente pq eu achava ela feia, eu n sei oq mudou em mim, mais agr eu quero namorar com ela. Continuando julho, eu fiz aniversário, 16 anos, como eu n falo a data dele p meus amigos eu só recebi parabéns dos meus amigos mais antigos e da minha família, um tempo depois o amigo mais próximo do meu pai morreu atropelado, sendo bem sincero, isso não me afetou muito, porém eu nunca tinha visto o meu pai daquele jeito, até hoje eu to preocupado com ele, pq no final das contas o cara que morreu era um amigo da época da faculdade, mais p final do mês eu voltei a falar todo dia com os meus amigos da antiga escola, e para terminar o mês descobriram que a minha tia tem câncer de mama. Agosto O mês começou agr mais isso n importa As aulas online voltaram, eu to tendo prova todo dia e tendo a acordar cedo, com a volta as aulas eu interajo um pouco mais com a minha sala, mais n muito, eu fico com medo de falafazer bosta e afastar todos, e também a pessoa q eu me apaixonei deixa a câmera ligada durante a aula então o sentimento so fica maior. Esqueci de falar, porém antes de julho eu comecei a montar modelos d aviões e essas coisas, eu terminei um avião (IL2) e agr to montando um tanque (tiger 1), provavelmente essa foi uma das únicas coisas boas q sairam da quarentena, é bom fazer algo q n seja estudar, jogar videogame e assistir anime.
Bem se vc leu tudo parabéns vc tem mt paciência, mas obrigado por ler, eu to a uns 2 meses pensando em escrever isso e só hj tive vontade.
submitted by player_br1 to desabafos [link] [comments]


2020.08.02 07:56 jogarfora12341111 Eu estou prestes a desistir

Sinceramente não sei se aguento muito mais não. Não sei mais o que fazer. Raramente eu posto coisa aqui no reddit mas quem sabe opiniões de estranhos na internet ajudam.
Eu cresci numa casa muito horrível. Não por mal, mas sofri vários abusos, físicos e psicológicos. Isso acabou fazendo com que grande parte da minha vida eu passasse deprimido, desde os 12 anos, tenho 20 hj em dia. Eu nunca tinha percebido, achava que era só o meu jeito e que pensar em se matar 24h por dia era normal (ate pq na época piada com suicídio era a boa). Eu só fui perceber o quão ruim eu estava durante o meu 3 ano do E.M. com toda aquela pressão de vestibulares, futuro e etc
Eu não conseguia me preocupar com nada daquilo, a minha preocupação era quando eu ia usar a próxima droga, se eu ia cair morto eu algum lugar (caso eu desse sorte), quando q ia arranjar grana pra próxima garrafa de vodka. Mas no meio de toda aquela merda, arranjei uma namorada (um anjo que me impediu de fazer merda muitas e muitas vezes) e depois de anos de tratamento pra inúmeros problemas (eu cheguei a desenvolver agorafobia e pânico, não conseguia pisar um pé fora de casa sem passar mal) consegui me reerguer.
Decidi mudar pra dar uma força pra um parente com câncer, tentar conseguir um trabalho e estudar pra passar em medicina. Tava tudo indo certo, ate a merda ir pro ventilador. Eu vi o parente sofrer na mão dos médicos que eu tanto admirava, os maus tratos e a negligencia. Desanimei de med mas isso não ia me parar. O parente faleceu, foi um baque mas já que eu tava aqui, decidi continuar e tentar arranjar um emprego. Consegui algumas entrevistas mas corona, eu sou do grupo de risco, tive que inclusive recusar uma oferta onde fui aceito. Pelo menos ainda tinha o meu namoro, 4 anos, a única coisa que imaginei que fosse estável na minha vida, minha rocha. Começou a dar inúmeros problemas por causa da distancia
Eu consigo sentir que eu to mal de novo. Nao quero me entregar, mas to cansado de tudo. Do que adianta? Eu ralei 3 anos sem parar pra sair do buraco pra justo quando eu achei que a vida tava me dando uma chance de ser feliz, ela me socar de volta pro buraco. Sei que comparado com o que muita gente passa isso não é nada mas eu sou fraco, nao sei se tenho energia pra passar pela luta toda mais uma vez
submitted by jogarfora12341111 to desabafos [link] [comments]


2020.07.16 16:52 fobygrassman HAPPN PARA CASADOS

HAPPN PARA CASADOS App para infidelidade casada e encontros discretos. Curta um caso agora!
Happn App para Casado. Infidelidade simplificada De uma dona de casa traidora real
DESCUBRA O APLICATIVO TRAIÇÃO MELHOR QUE A FELICIDADE Hoje em dia, com o Happn e outros aplicativos de namoro sendo usados, as mulheres estão mais abertas a encontrar parceiros on-line e a ter relacionamentos casuais e uma noite só ”
Mas e se você for casado ou noivo?
Você ainda pode usar o Happn?
A RESPOSTA É NÃO. Não use o aplicativo Happn se você é casado, você será pego 100%
Se você deseja que o Happn já esteja lá antes de se casar, leia isso! Porque existe um aplicativo Happn anônimo projetado para pessoas casadas. Happn requer seu perfil no Facebook. A Happn usa seu perfil pessoal do Facebook para criar seu perfil na Happn !! A Happn USA SEU NOME E IDADE NO FACEBOOK! Além disso, o Happn é tão amplamente usado, mesmo que você decida se inscrever na sua conta do Facebook, seria apenas uma questão de tempo até que um dos amigos solteiros de sua esposa o veja no Happn e o expulse. Você não pode carregar fotos discretas no Happn e espera se envolver com nenhuma mulher, porque existem milhões de homens com fotos de rosto inteiro com as quais você está competindo. Então, isso significa que, se você é casado ou noivo, não pode usar o happn app? Felizmente, existe um "Happn casado" e é assim que funciona
ASHLEY MADISON É UM PEDIDO PARA TRAIDORES CASADOS QUE FUNCIONAM EXATAMENTE COMO A HAPPN APP. Ashley Madison foi criada exclusivamente para traidores. Uma grande porcentagem de usuários é casada e há "destruição mutuamente garantida". Ou seja, se alguém o vê no Ashley Madison (Happn por trapaça), ele não o denuncia, pois precisaria explicar por que ele estava no site. Ashley Madison funciona perfeitamente no seu telefone da mesma maneira que a Happn. Você pode ver os usuários próximos a você ajustando o raio da pesquisa. O Happn para casais tem recursos adicionais que o Happn não possui, criados para mantê-lo 100% seguro e discreto. Ashley madison permite que você se inscreva sem verificação de e-mail, o que significa que você pode dizer que outra pessoa usou seu e-mail e que você não tinha ideia. A Happn obriga a usar seu perfil do Facebook com seu nome real e idade no seu perfil. Ashley Madison possui um assistente de foto que permite colocar uma máscara no rosto ou desfocar a imagem para que você não possa ser identificado. Os usuários de Ashley madison são muito mais compreensivos quando você tem apenas fotos discretas disponíveis. Se você tentasse isso no seu Happn, obteria zero correspondências. Ashley Madison também oferece uma galeria privada onde você pode armazenar suas fotos e conceder e revogar o acesso aos usuários a qualquer momento. No Happn, todas as suas fotos podem ser visualizadas ... por qualquer pessoa ... a qualquer momento! Ashley Madison tem um site para dispositivos móveis muito rápido, para que você não precise baixar um aplicativo para o seu telefone. Isso é especialmente útil para pessoas cujos parceiros geralmente têm acesso ao telefone. O Happn é apenas um aplicativo que você precisa baixar para o seu telefone. Ashley Madison é 100% grátis para mulheres, o que garante uma base de usuários feminina ativa e envolvente. Happn cobra homens e mulheres.
Se você quer toda a diversão e emoção de Happn, mas é casado ou tem um relacionamento, você definitivamente deveria tentar Happn for Married: Ashley Madison.
O QUE É A GERAÇÃO "HAPPN"? Devido a aplicativos como o Happn e outros, as mulheres são mais promíscuas do que nunca.
Antes do Happn, apenas um dos meus amigos usava qualquer site de namoro. Ela só saiu em 3 encontros ao longo de 2 anos. Mas desde que Happn, todas as minhas amigas têm um perfil e o estão usando ativamente! Graças à Happn, as mulheres agora estão confortáveis ​​e com experiência em namoro online e abertas a conhecer homens online. O namoro on-line agora é a maneira número 1 pelas mulheres encontrar homens para encontros.
EXPIRADO EM SEXO CASUAL Eu tive muitos encontros no Happn e aplicativos semelhantes, e todos os meus amigos também. Depois de ter seu primeiro encontro casual e perceber que uma noite divertida, apaixonada e emocionante é apenas um aplicativo, você não será privado.
A "GERAÇÃO HAPPN" É AGORA A FAIXA ETÁRIA DOS RECÉM-CASADOS. As mulheres que usaram o Happn entre 20 e 30 anos de idade estão casadas há anos e “o período da lua de mel está acabado. Eles estão ficando insatisfeitos e querem um caso. Muitos de meus amigos que usaram o Happn estão agora, casados, noivos ou em relacionamentos de longo prazo; Adeus Happn diversão e Olá compromissos de longo prazo.
ELES SÃO NOSTÁLGICOS POR SUA JUVENTUDE SEXY Agora sou um dos meus únicos amigos que ainda são solteiros e posso honestamente admitir que meus amigos casados ​​(especialmente aqueles que estão casados ​​há muito tempo) sempre me dizem como tenho sorte e o quanto eles sentem falta da diversão de encontros on-line. Happn para casados
A LUA DE MEL ACABOU Depois de um tempo casado, o sexo e a paixão desaparecem. Todos os meus amigos dizem que sentem falta da validação e do entusiasmo que têm de combinar caras atraentes. O Happn não é mais uma opção Todos os meus amigos casados ​​dizem que adorariam usar os aplicativos de namoro novamente. No entanto, se o fizessem, seus maridos descobririam muito rapidamente. A Happn e outras aplicações usam o facebook para gerar seu perfil. Happn mostra amigos em comum, seu nome, idade. Sites como ashley madisn estão vendo um grande aumento de usuários e um grande aumento de mulheres. Os aplicativos de conexão Happn e similares se tornaram um campo de treinamento para mulheres. Eles são treinados na arte do sexo casual e do namoro on-line e procuram ter encontros infiéis agora!
submitted by fobygrassman to TinderParaCasados [link] [comments]


2020.07.16 16:29 fobygrassman ESPOSAS INSATISFEITAS SÃO MELHORES QUE GAROTAS DE PROGRAMA

ESPOSAS INSATISFEITAS SÃO MELHORES QUE GAROTAS DE PROGRAMA
Esposas infiéis são mais duradouras, limpas e autênticas do que garotas de programa
Esqueça garotas de programa transando nunca foi tão fácil! De uma dona de casa traidora real.
As mulheres casadas NÃO estão procurando relacionamentos, elas já estão nelas, estão procurando parceiros discretos e divertidos para reacender e explorar sua sexualidade.
As garotas de programa estão sempre procurando extrair mais dinheiro de você. Você nunca sabe com quem eles acabaram de fazer sexo e isso torna impossível também fazer sexo apaixonado com eles.
Quantas vezes você ficou com tesão e decidiu pedir uma garota de programa? Então, depois de ter um encontro decepcionante, lamento totalmente gastar tanto em ganhar pouco!
Sempre que você liga para uma garota de programa, está jogando. Jogando com sua saúde e com sua experiência.
Ela será parecida com as fotos dela?
A mesma garota das fotos vai aparecer?
Ela será anti-higiênica?
Ela será hostil?
Ela vai tratá-lo com um mau atendimento ao cliente?
Eu sei o que você está pensando,Eu sei o que você está pensando,
MAS AS MENINAS DE CHAMADA SÃO MUITO MAIS SIMPLES!
Não é verdade!
Sim, uma garota de programa fica a apenas uma ligação, mas toda vez que você a vê, paga. Você paga com dinheiro suado. Pense em quanto tempo você precisa trabalhar para pagar por uma garota de programa.
10 horas?
20 horas?
Portanto, nenhuma garota de programa não está a um telefonema de distância, elas têm +10 horas de trabalho E uma ligação de distância.
Além disso, as garotas de programa não se importam com você ou precisam de você.
Depois de conhecer uma esposa realmente insatisfeita e dar a ela a atenção que lhe falta, você experimentará a diferença entre uma garota de programa e uma mulher de verdade.
Esposas insatisfeitas são gratas por encontrar um homem que possa agradá-las!
As esposas infiéis têm todos os benefícios e nenhum dos problemas das garotas de programa:
Conhecer as preferências sexuais do seu parceiro = melhores experiências sexuais
O envio de mensagens maliciosas acelera sua semana de trabalho;)
Verdadeira paixão e emoção de ambos os parceiros!
Limpo, Seguro e Legal.
Não constantemente tentando manipular você.
A verdade é que as mulheres ficam excitadas quando estão se escondendo e tendo encontros secretos. Esposas insatisfeitas querem ser suas garotas de programa pessoais, mas elas precisam de um pouco de incentivo e você precisa incentivá-las de uma maneira elegante e elegante.
Você não pode tratar mal as esposas infiéis da maneira que pode com uma garota de programa, mas elas também não o tratam mal como uma garota de programa. Eles não vão contar o relógio quando estão com você.
Se você acha que encontrar uma mulher casada sozinha é ainda mais difícil, pense novamente.
Você não pode ser um idiota e acha que atrairá uma mulher casada para ser sua garota de programa pessoal.
De fato, existem dicas e truques para encontrar um o mais facilmente possível aqui >>
Siga estas etapas simples e você encontrará uma esposa insatisfeita e fará dela sua garota de programa pessoal em menos de uma semana.
VOCÊ PRECISA SE INSCREVER NO ASHLEY MADISON SE QUER ENCONTRAR MULHERES INFELIDAS
E lembre-se de que você pode repetir essas etapas e encontrar uma nova esposa traidora sempre que quiser!
  1. Tire uma boa foto de si mesmo. Não precisa incluir seu rosto, pode ser discreto. Muitos perfis em ashley madison não têm fotos de rosto públicas (geralmente em sua galeria de fotos particular). Esta imagem pode ser do seu corpo ou você de fato bem ajustado (sem o rosto).
  2. Escolha um nome de usuário atraente! Esta é a primeira coisa que as mulheres veem depois da sua foto. Escolha algo descritivo ou divertido.
  3. Destaque sua necessidade de discrição. Isso aliviará as preocupações das mulheres sobre sua própria discrição.
  4. Crie uma mensagem de introdução bem pensada que você possa enviar para muitas mulheres.
  5. Torne sua galeria privada irresistível. É aqui que você inclui suas melhores fotos.
  6. Configure uma data discreta!
Traindo esposas vs garotas de programa Todos nós procuramos garotas de programa no google. Mas existe uma enorme lacuna entre ponderar e pesquisar na web a sua garota de programa mais próxima. Existem vários, mas eles são extremamente estigmatizados - por razões óbvias. Garotas de programa não são para todos, mas o sexo certamente é. Por isso, seria melhor encontrar uma alternativa para garotas de programa. Criamos um substituto para as garotas de programa, para aquelas que estão interessadas em saber como a alternativa funciona. Espero que minha experiência e discernimento possam lhe dar uma ou duas coisas para questionar, e talvez até abrir você para garotas dispostas a dormir com você gratuitamente! Por que você deve procurar alternativas para escoltar serviços? Se você ouvir alguém se gabar de uma escolta, precisará sentar esse homem e ter um momento de clareza. Mas deixe esse argumento de lado, posso escrever um romance inteiro para você. Deixe-me começar com algumas dicas. As acompanhantes são desassociadas Não é incomum pagar por sexo, mas é ilegal na maioria dos países e ajuda uma indústria bastante cruel a tirar vantagem de membros da sociedade desprovidos de frustração. Acompanhantes NÃO GOSTAM DE VOCÊ Este é o meu argumento número um por não dormir com acompanhantes. Eles não teriam dormido com você se você não pagasse. Eles não gostam necessariamente do sexo ou querem vê-lo ligado. Geralmente é por isso que gosto de sexo - porque me excita vê-la gostosa e gostosa quando ela olha para mim. Acompanhantes não são higiênicos Os acompanhantes dormiram com toneladas de homens. Pense em quantos homens a garota de programa que você está vendo dormiu naquele DIA! Se você vir uma garota de programa ou uma acompanhante às 20h, provavelmente já dormiu com pelo menos dois homens antes daquele dia. Imagens falsas As acompanhantes raramente aparecem em suas fotos. Você tem sorte se a mesma mulher aparecer. Você pode dizer que isso também pode acontecer em um site de namoro ou em uma sala de bate-papo para adultos, mas eu diria que a probabilidade de ser "pescada" por uma mulher em um site de namoro é menor do que por uma garota de programa. A maioria das acompanhantes encontra-se com suas imagens. Com segurança Eles afirmam ser seguros e testados todos os dias, mas você nunca pode ter certeza. Isso significa que qualquer homem que não seja estúpido usará camisinha 100% das vezes que dorme com uma garota de programa ... e todos sabemos que preservativos não são divertidos.
submitted by fobygrassman to garotas_de_programa [link] [comments]


2020.07.16 16:28 fobygrassman ENCONTRE MULHERES CASADAS, PORÉM CARENTES ESTA NOITE

ENCONTRE MULHERES CASADAS, PORÉM CARENTES ESTA NOITE Descubra como acessar e conhecer mulheres casadas porém carentes em apenas 10 minutos
Casadas Carentes: As 5 melhores maneiras de conhecer casadas carentes em menos de 2 horas Escrito por uma dona de casa traidora real.
Casadas carentes são mulheres presas em relacionamentos de longo prazo não satisfeitas com o atual companheiro. O marido não a dá a atenção que ela merece, não a faz se sentir sexy, desejada, ou como um dia a fez sentir. Ela carece afeto, tesão, ou mimos. Elas sentem falta destas coisas, e tem desejos de procurar homens que ajudem a satisfazer estas necessidades para ela.
O QUE FAZ UMA MULHER CASADA SER CARENTE?
Há vários fatores que levam ao sentimento de carência de mulheres que conseguiram se manter em relacionamentos por tempos prolongados. Alguns destes fatores são:
• Vida sexual insatisfatória, onde não há tesão ou paixão. O marido não se preocupa com o que a mulher sente, só pensa em si, sem romance, sem preliminares, e sem posições diferentes. Parece um ato que tem como finalidade apenas fazer o marido se satisfazer, depois virar para o lado e dormir. • O homem não parece mais ter tempo para a esposa. Trabalha muito, chega em casa tarde, e está cansado demais para qualquer coisa nova, diferente ou divertida. Arruma tempo para jogar futebol com os amigos no final de semana, vai a bares com os colegas depois do serviço e chega em casa tarde e vai direto para a cama. A mulher não se sente mais importante.
• Não é tratada bem pelo marido. Não é apenas deixada de lado, mas ainda é ofendida por certas atitudes do marido. Ele briga, xinga e a ofende. Não a respeita, como deveria, e ela sente aquela vontade de sentir aquilo que um dia ele ofereceu: carinho e afeto.
• Ela quer novidade. Ela ficou com o mesmo homem por muito tempo, e já sabe tudo que ele faz e vai fazer. Na cama é tudo rotina, o beijo é sempre o mesmo, a cama é sempre a mesma, as personalidades são sempre as mesmas. Ela só quer sentir alguma coisa diferente depois de tantos anos, precisa de algo que a lembre que está viva.
COMO CONHECER CASADAS CARENTES?
Agora que você sabe como casadas carente se sintam, você deve estar se perguntando como conseguir encontrar uma, para a ajudar a satisfazer suas necessidades. Será que há algum lugar onde elas ficam mais concentradas, dispostas a serem abordadas por um estranho? Será que dá para encontrar alguma em algum bar pela cidade, pronta para ser conquistada? Boa sorte, mas isto vai ser difícil desta maneira.
Mulheres nesta situação, mesmo que carentes e com vontade de experimentar coisas novas, ela não quer se colocar em posições comprometedoras ou em risco de ser pega ou descoberta pelo seus maridos. Elas geralmente são mais tímidas, e não teriam tanta coragem, pois são mulheres que geralmente estão em relacionamentos com mais de 5 anos, e está fora do jogo de namoro há muito.
Mas vamos dizer que ela tivesse a coragem de ir na cidade e ir para algum bar, para ver se algum homem a abordasse. Como você distinguiria uma casada carente e uma que simplesmente quer se divertir no bar com as amigas, ou apenas beber. É muito risco para você como um homem abordar uma mulher de aliança.
Existe um local perfeito para encontrar casadas carentes: Ashley Madison. Site reconhecido internacionalmente como melhor ferramenta de traição.
ASHLEY MADISON
O que a Ashley Madison oferece que outras alternativas não oferecem para encontrar casadas carentes? Será que casadas carentes realmente usariam um site deste?
A Ashley Madison é uma gigante no oferecimento de oportunidades para traição. Já reuniu mais de 50 milhões de usuários em todo mundo, um dos sites mais populares do mundo. Isto não é só no mundo, no Brasil também tem uma presença muito grande, chegando a quase 2 milhões de usuários, esperando outros 1 milhão até 2020.
Tem duas coisas que a Ashley Madison oferece que garante a vinda de casadas carentes. Primeiramente é a discrição. Como foi explicado anteriormente, mulheres nesta posição não querem ser colocadas em situações comprometedoras, nem em risco desnecessário. A Ashley Madison tem múltiplas ferramentas inovadoras que oferecem uma discrição garantida como: não precisar confirmar seu e-mail no cadastro, assistente de fotos patenteado que permite borrar fotos públicas, permitindo a visualização de uma galeria privada a apenas pessoas que elas concederem acesso, podendo ser revogado a qualquer momento.
Outra coisa muito atraente a mulheres é o custo para elas. A Ashley Madison concede acesso gratuito às mulheres. Elas tem acesso a toda função do site, sem ter que pagar. É óbvio que isso chamaria a atenção de casadas carentes. Elas não teriam que justificar gastos a seus maridos posteriormente.
DICAS PARA CONHECER CASADAS CARENTES NA ASHLEY MADISON
Segue as seguintes dicas, e você vai se ver encontrando múltiplas mulheres desejando atenção ou outras coisas que você pode oferecer a elas.
  1. Inscreva-se! Uma ferramenta reconhecido pelo mundo todo como forma eficiente de encontrar parceiros para traição. Junte-se a Ashley Madison e tenha acesso a uma multidão de mulheres casadas e carentes.
  2. Navegue pelo site, e por todas as mulheres no site, procurando alguma que te interesse. Veja o perfil dela e inicie uma conversa, de forma adequada, gentil e cavaleira. Não seja agressivo, nem estranho, nem genérico. Deixe claro suas intenções e a dá a atenção que ela carece. Preste atenção no que ela diz e o que ela deseja, e a partir das reações dela, vê como pode prosseguir. Se quiser deixar a conversa mais sexual, tenha moderação. Não comece de forma sexual, vai elevando o calor da conversa de forma gradual, sempre levando em consideração a reação dela.
  3. Monte um perfil decente. Dedique bastante tempo a seu perfil, ele será uma das primeiras impressões dela de você. Quanto mais tempo e atenção der ao seu perfil, maior a chance de casadas carentes se interessarem em você.
Agora que você sabe como encontrar e conhecer mulheres casadas carentes perto de você, entra na Ashley Madison e encontre uma em até 10 minutos!
submitted by fobygrassman to casadas_traindo [link] [comments]


2020.07.16 16:26 fobygrassman ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE

ENCONTRE COROAS CASADAS HOJE Conheça coroas, MILF's, e Mulheres Maduras brasileiras reais em menos de 2 horas, garantido!
Como Pegar Uma Coroa no Brasil Escrito por uma coroa verdadeira casadas
Quero namorar com uma coroa casada! Como eu namoro com uma coroa? Quais são os melhores sites de namoro de coroas? MILFs e coroas são a mesma coisa?
Não sei dizer quantas vezes já ouvi esta pergunta como especialista em namoro.
Originalmente minha resposta foi simples, pesquise no google sites de namoro de coroas e se compromete com um casal que você goste.
No entanto, há um grande problema com sites de namoro de coroas que afirmam ser focado em torno de mulheres maduras, MILFs, e coroas que estão buscando um homem mais jovem (referido como um "boytoy" ou "filhote".....
Eles não funcionam! E aqui estão 4 razões para isso: Não se preocupe, eu também lhe direi a melhor maneira de garantir um encontro com uma coroa casada ;)
  1. Não há coroas suficientes para dar conta Isto sobre isso, pumas são uma das categorias mais populares de pornografia. Em 2018 foi mostrado que "milf" foi a terceira coisa mais procurada em sites pornográficos. Cada jovem tem uma fantasia de mulher mais velha, mas quantas mulheres mais velhas você acha que estão assistindo a esses vídeos?
  2. A competição é grande! Para cada 1 coroa há 10-20 homens jovens tentando chamar sua atenção. Suas caixas de entrada estão cheias de mensagens não lidas. Minha tia é uma coroa autoproclamada, ela se inscreveu para um site de namoro de coroas uma vez, depois de obter +100 mensagens em seu primeiro dia ela nunca voltou. Então, se você é um cara jovem à procura de uma coroa você vai encontrar alguma competição séria. Pegando sua atenção é quase impossível e mesmo se você conseguir não há nenhuma garantia que ela vai estar interessada.
  3. Coroas não precisam do site Como eu mencionei antes, coroas são muito procuradas. Elas podem gritar pela janela e conseguir uma fila de caras. As coroas são mais propensas a namorar ou dormir com alguém que elas conhecem pessoalmente, elas são da antiga assim. Então, boa sorte competindo com o seu piscineiro, jardineiro, ou filho de amigos enquanto você é apenas um cara da internet
  4. Você precisa estar entre 24-29 para ter uma chance Já existe uma quantidade gigantesca de competição, mas a situação piora. Se você não está entre 24-29 você está em uma desvantagem séria. Uma pesquisa recente de coroas determinou que a idade ideal para um boytoy é 26 anos e a faixa etária média que elas poderiam até mesmo CONSIDERAR está entre 24-29. Há obviamente umas exceções mas são uma porcentagem pequena de um grupo já pequeno.
Disse a verdade sobre sites de encontros de coroas, mas provavelmente ainda está perguntando; OK, eu concordo que os sites de namoro de coroas são um desperdício de tempo, mas o que eu faço em vez disso?
Bem, você está com sorte porque há um pequeno truque muitas vezes negligenciado para aqueles que procuram coroas, sites de infidelidade! Isso mesmo, sites de traição são ótimos para encontrar coroas.
Estão aqui 6 razões porque os sites de traição ganham de sites de coroas para encontrar mulheres maduras:
  1. A grande maioria das mulheres lá são casadas, o que significa que a idade média é de cerca de 37-38 anos, a idade de coroa ideal!
  2. Você está competindo com caras mais velhos Esta é uma vantagem em tantas maneiras. Em primeiro lugar, você vai se destacar de todos os outros caras devido à sua juventude e condicionamento físico. Imagine uma coroa gostosa procurando através de homens perto dela e vendo foto após foto de caras velhos, fora de forma. Homens como seus maridos, que não as satisfazem.... Aí eles vêm através de seu perfil! Você é jovem, você está em forma (especialmente em comparação), e você está confiante. As chances de ela escrever a você é muito maior do que as chances de uma MILF se quer RESPONDER a você em um site de coroa.
  3. Elas não estão à procura de relacionamentos Elas estão em um site de traiçao de casado por isso está muito implícito que elas querem discrição e um relacionamento principalmente sexual. Isto significa que além da primeira ou segunda reunião você é basicamente o seu peguete.
  4. Você pode se destacar com uma foto de perfil! Em sites de traição a maioria dos usuários não tem uma imagem de perfil público de seu rosto. O que é típico é uma foto de corpo como seu retrato público do perfil e então fotos reveladoras em sua galeria privada. Podem compartilhar e revogar o acesso a esta galeria com sua própria discrição com quem quer que elas querem. Entretanto já que você provávelmente solteiro você pode criar um perfil com uma foto pública que inclua sua cara. Isso vai fazer você se destacar 100x vezes mais. As chances são que as mensagens virão antes mesmo de você precisar se apresentar.
  5. Elas etsão solitárias e insatisfeitas com seus maridos. Elas estão em site de infidelidade porque carece atenção de seus maridos. Normalmente, o marido começa a tratá-las como mãe/esposa e já não como um ser sexual. Esta é a sua oportunidade de dizer que elas ainda são sexy e ainda muito desejáveis e acredite que elas precisam/querem ouvir isso desesperadamente.
  6. Elas estão prontas para explorar sexualmente. Estas mulheres estão casadas há anos e o pouco sexo que têm com os seus maridos tornou-se mecânico e "baunilha". Elas estão prontos para apimentar as coisas e são maduras o suficiente para tentar novas experiências sexuais como: BDSM, ménage à trois, dominatrix, etc.
Ok, agora você provavelmente está pensando, "OK, você me convenceu de que os sites de infidelidade são 100x melhores para pegar coroas, mas como eu faço para realmente encontrar uma coroa?" Não se preocupe, siga estas 7 dicas e você vai aumentar drasticamente suas chances de encontrar uma coroa ou MILF em um site de casos.
7 Dicas Para Pegar Coroas Nota: algumas destas dicas são para o uso em sites de traição e algumas são dicas gerais
  1. Mencione a discrição no seu perfil e na sua primeira mensagem. Estas coroas são casados e estão à procura de parceiros casados porque isso garante que ambas as partes serão o mais discreto possível. Assumindo que você não é casado ou comprometido elas vão precisar de segurança de que você é discreto e confiável imediatamente. Considere escrever algo em seu perfil que diz:
"A discreção é muito importante para mim. Eu estou procurando somente parceiras discretas que são mutuamente respeitosas". 2. Mostra que não vai pôr em risco o seu casamento A outra preocupação que as coroas casadas que procuram homens têm é que você homens mais jovens são rápidos para se apaixonar e podem representar uma ameaça ao seu casamento no futuro. Elas não querem estar em uma posição onde você está exigindo que elas se divorciem de seu marido para que ambos possam estar juntos. Elas estão em sites de traição porque elas NÃO querem se divorciar. Assim o que eu recomendo é pôr algo assim no seu perfil e/ou primeira mensagem:
"Não olhando para mudar seu status ou meu, apenas olhando para ver se eu posso encontrar uma boa conexão com limites claramente definidos". 3. Você está disponível! Uma das coisas mais difíceis de se ter um caso é a disponibilidade. Se ambas as partes estão em relacionamentos é muito, muito difícil encontrar um momento em que AMBOS podem fugir de seus cônjuges sem levantar suspeitas. Mesmo quando você concorda sobre um tempo e um lugar, algo pode surgir e um de vocês pode não ser capaz de ir. A boa notícia é que você pode trabalhar em torno de sua programação. Este é um grande bônus então deixe que ela saiba disso! Ela pode nem mesmo perceber o quanto problema programação é se esta é a sua primeira vez traindo. Diga que já que você é solteiro você pode encontrá-la sempre e onde é melhor para ela.
  1. Mostre a ela que você respeita limites. Na verdade, diga a ela que você está ansioso para ouvi-los. Novamente, coroas casadas precisam de discrição e a melhor maneira de ser discreto é estabelecer limites. Pergunte a ela se há alguma regra de discrição que ela precise que você siga. Muitas vezes, são coisas como "não me escreva entre 18h e 23h", "use palavras em código para que se alguém ver as mensagens parecerão inocentes" etc. Tudo isso permite que ela saiba que você está falando sério sobre sua discrição.
  2. Elogie ela! As coroas estão em sites de infidelidade porque seus maridos não as tratam mais como mulheres atraentes e desejáveis. Se elas têm filhos, mesmo que sejam MILFs, é provável que seus maridos as vejam como mães mais do que amantes agora. Elas estão desesperadas por validação que ainda são sensuais e desejáveis e, vindo de um homem mais jovem, isso significa ainda mais!
  3. Acho que você é jovem demais para mim / não é jovem demais para mim? Espere que essa pergunta surja muito. Não se preocupe - este é um bom sinal! Se ela está dizendo / perguntando isso é porque ela está lhe dando a oportunidade de refutar. Se ela realmente se sentisse assim, não responderia a você. Mas agora você está em uma posição crítica; como você responde a isso determinará se você consegue um encontro / relacionamento. Lembre-se de que ela não está falando sério, está testando você. Prepare uma resposta bem pensada a isso com antecedência. Eu acho que este é um bom começo:
“Você realmente se sente assim ;)?” Esta é uma maneira divertida de ir direto ao ponto" "Eu realmente não vejo as coisas dessa maneira. Estou procurando por características como maturidade, confiança, discrição e abertura. Mulheres mais maduras têm mais desses traços e você é incrivelmente sexy." 7. Elas vão pensar que você é imaturo. Imediatamente elas assumirão que você é jovem, excitado e imaturo. Você precisa refutar isso imediatamente. Inicie suas mensagens o mais maduro e profissional possível. Releia suas mensagens e verifique se a ortografia e gramática são 100%. À medida que a conversa continua, você pode se tornar cada vez mais brincalhão, mas a primeira impressão dela precisa ser que você é maduro e inteligente, e não um garoto idiota.
Então aí está, minha opinião extensa e bem pesquisada sobre: Por que sites de coroa não funcionam Onde você pode encontrar coroas REAIS Como você pode maximizar suas chances de entrar em um relacionamento causal com uma coroa Se você leu este artigo e realmente implementar essas dicas, estará dez passos à frente da concorrência e estará no caminho de namorar coroas, MILFs e mulheres maduras.
Ah, e antes que eu esqueça, a pergunta "MILFs e coroas são a mesma coisa?"
A resposta é não. MILF: MILF significa ‘Mãe que eu gostaria de comer’ em inglês. São mulheres com filhos que você acha sexy, só isso.
Coroas (ou cougars em inglês): as coroas são mais velhas, atraentes, mulheres que estão "rondando" explicitamente por homens mais jovens!
O Brasil é um país de trair coroas casadas! Uma em cada dez mulheres casadas encontrou alguém mais de 10 anos mais novo! 8% das mulheres têm encontros casuais com homens muito mais jovens. A maior diferença de idade média entre coroas casadas e amantes é de cinco a dez anos 57% dos homens tiveram um caso com uma coroa casada O estudo constatou que oito por cento das mulheres casadas tiveram um caso com um homem mais jovem Mulheres maduras também são muito atraentes para homens casados. 61% dos homens casados ​​no Brasil têm um caso extraconjugal com uma mulher mais velha. 25% dos homens casados ​​namoraram uma mulher entre cinco e dez anos mais velha. O apetite sexual das mulheres aumenta com a idade, enquanto os homens tendem a atingir o pico em seus vinte e poucos anos. Isso poderia explicar a tendência crescente de coroas casadas em busca de homens. Casados ​​com homens podem ver um declínio escasso no desejo sexual e coroas casadas, eles estão ficando cada vez mais frustrados. Eles agora optam por conhecer um cara que é mais jovem, simplesmente porque sua libido é mais semelhante.
submitted by fobygrassman to coroas [link] [comments]


2020.07.05 21:54 DeepBluePacificWaves Relatos de um domingo depressivo

Hoje eu acordei como em todos os domingos. Triste, solitário e de folga. Nunca consegui entender o que acontece nesses dias. Não me sinto produtivo, embora saiba que esse é o único dia que tenho para seguir com meus projetos com calma.
Mas hj era diferente. Era o meu dia de preparar o almoço. Após uma manhã preguiçosa jogando Civilization e uma ducha banhada em silêncio, preparei pela primeira vez o meu prato favorito (strogonoff de frango com refrigerante gelado).
Quase errei a receita, que minha mãe me passou mais cedo antes de ir pra igreja, mas com sorte eu já tenho alguma experiência na cozinha pra lidar com essas coisas sem esquentar a cabeça. No final deu tudo certo, embora tivesse medo de que o molho tivesse ficado com muito gosto de tomate.
Preparei a sala de melhor forma que pude (a namorada do meu irmão iria almoçar conosco hj) e deixei o arroz e o molho prontos pra que no hora do almoço pudéssemos sentar e comer. Mas minha família, como sempre, se enrolou na saída da igreja e não me avisaram. Fiquei esperando até quase 15h00 quando todo mundo chegou pra comer.
A comida estava meio fria, mas não me importei muito. Pensei nisso como uma espécie de punição por me fazerem esperar tanto sem ao menos me avisar. Conversa aqui, papo lá e eu fiquei só escutando, como se de longe. O culto foi bem (meus pais ministraram o louvor e passaram a semana inteira treinando os "worships" da igreja), o filho do pastor (que aliás tem o mesmo apelido que eu) não quis ir pra igreja pq não achou ir nessa pandemia e ainda fez bem em criar um climão no grupo lembrando todo mundo do número se mortos e infectados. Meu pai, é claro, não gostou da atitude e acha que ele está sendo imaturo (segundo ele as pessoas precisam sair uma hora). Fico imaginando o que ele pensa de mim, que não saio desde de março, no começo da pandemia.
A conversa se desenrolou de tal modo que chegaram no assunto das "Lembranças da Feliz do Adolescente Padrão™" no acampamento da igreja. Falaram sobre as pegadinhas e as zoeiras, os namoros e as intrigas e tudo mais. Nessa parte me senti mais alienígena possível. Se antes eu não estava no clima pra um almoço de domingo, agora eu estava me culpando por não ter a vida que deveria ter tido. É até estranho pensar que o meu irmão menor se tornou tão normal. Às vezes eu percebo que ele age comigo como se eu fosse mais novo do que ele, como se ele fosse mais maturo pra idade. E embora eu saiba que já sou um adulto com as minhas responsabilidades (emprego e contas pra pagar), às vezes eu me pergunto se isso não é verdade.
Desde antes da pandemia eu sempre me fui uma pessoa muito criativa, mas muito fechada no próprio mundinho. Não é como se eu não quisesse crescer e amadurecer, ou seja, me tornar a melhor forma do que eu posso ser, mas é que muitas vezes eu me pego de volta no meu mundo de sonhos e quando eu em dou conta, já é tarde demais.
Como sempre, eu tive que ser estranho e me afastei das pessoas para tentar entender o que eu estou passando, mas não antes de me contemplar enquanto limpo o almoço de domingo. Minha mãe não achou justo, já que quem cozinha não limpa e foi me ajudar. Ela achou estranho que eu tivesse servido as pessoas e limpado a bagunça, mas eu achei que era responsável pelo almoço de hoje, então eu sinto que não fiz mais do que a minha obrigação.
Agora vou descansar e me preparar psicologicamente para amanhã, quando serei forçado (por conta de circunstâncias foras do controle de qualquer um no momento) a voltar a atender na linha da central de atendimento da minha empresa. Sei que deveria estar grato por estar trabalhando nesse momento tão complicado, mas também que não me darei bem atendendo voz (ainda mais um produto tão cheio de detalhes quanto esse que trabalho), mas quando migrei pro setor de e-mail eu tinha esperanças de que nunca mais precisasse atender um cliente em linha novamente. Mas de novo, ninguém esperava a porcaria de uma pandemia mundial, então acho que a única coisa que eu posso fazer é viver um dia de cada vez.
submitted by DeepBluePacificWaves to desabafos [link] [comments]


2020.06.21 02:28 mamamarquinhos Relacionamento tóxico (fui o babaca da história?)

Olá Luba, editores e possível convidado. Hoje vou contar uma história sobre um relacionamento que terminei recentemente e queria uma opinião.
Deixando bem claro logo de início que darei vários detalhes, então certamente vai ficar beeem longo.
Bom, tudo começou em março, conheci uma menina no colégio, papo vai papo vem e decidimos começar a ficar. Ela me passava uma visão muito perfeita dela, que ela era atenciosa, carinhosa, que me respeitaria, era fiel, resumindo, uma pessoa ótima pra namorar. Então, nos conhecendo a apenas um mês decidimos tentar levar mais além o relacionamento, eu pretendia a pedir em namoro mas teve a quarentena, e como não ia pedir a guria em namoro pelo WhatsApp decidi esperar a quarentena terminar.
Mas, aí que está o problema, após o início da quarentena parecia que eu estava me relacionando com outra pessoa, ela era grossa comigo, me tratava mal, me desrespeitava muito, mesmo comigo dava espaço para outras pessoas darem em cima dela, enfim, era outro ser. Eu pensei que tudo que estava acontecendo era por conta da quarentena, que tá todo mundo muito doido e que ela estava tendo uns problemas, então relevei por muito tempo, mas começaram a acontecer umas coisas que não consegui suportar quieto.
Quando começou a quarentena a gente começou a conversar muito mais, só que tinha um problema nisso, ela SEMPRE falava de coisas do passado dela. Ex: “Eu amava quando meu ex fazia isso” “Quando eu estava pegando tal cara” “Teve uma vez que fizeram tal coisa comigo” e é complicado ouvir esse tipo de coisa, primeiro pq não tem sentido nenhum eu saber histórias de ex peguetes dela, e segundo que eu tenho problemas de autoestima (ela sabe disso), então eu começava a me comparar muito com esses caras, e isso só piorava minha situação.
Outra coisa que acontecia muito, era cortes de clima. Por exemplo, teve uma vez que estávamos falando “coisas inadequadas” um com o outro, e ela começou a falar da minha ex, ou começava a falar das coisas que estávamos falando, mas dizendo que já fez com outros caras. Meio que é o mesmo problema de cima, mas enfim.
Mais outra coisa, ela tinha me passado a conta do Instagram dela, algo que eu nunca quis mas ela insistiu bastante, então acabei colocando. Eu realmente não sei qual era a intenção dela com isso, mas eu só passei estresse, toda hora era um cara dando frete nela e ela dava espaço para eles fazendo isso, e como sou muito inseguro e ansioso acabei vendo algumas conversas dela, algo que não me orgulho, e acabei vendo muita coisa que não queria, e descobrindo que ela mentiu pra mim (um exemplo de mentira foi que ela tinha me dito que nunca mandou nudes pra alguém, e quando eu abri a conversa dela com um cara aleatório só vi coisas que me provaram o contrário), então acabamos discutindo por conta disso e etc.
Outro problema é que por conta disso eu sentia muito ciúmes dela, e acabava ficando muito inseguro dela acabar me traindo e etc, pq ela não me passava segurança disso, eu sempre dei meu máximo para ela se sentir bem, se sentir segura, não precisar pensar que um dia eu trairia ela, mas isso nunca foi recíproco, muito pelo contrário, ela amava me provocar, me deixar irritado, mexer com minhas inseguranças e com minha ansiedade, e tinham os acontecimentos do insta. (Um exemplo de mexer com minha ansiedade. Ela sabe que eu sou bastante ansioso, e numa certa noite ela me mandou a seguinte mensagem no WhatsApp: - Marcos, precisamos conversar sério. - Tudo bem. Aconteceu algo? - Vou dormir agora, amanha conversamos.
E como eu disse, sou bastante ansioso, e eu acabei passando a noite em claro pensando no que poderia ser, e acabou que não era nada de importante, ela só falou que me amava.
Mas só estou apontando os erros dela, vou apontar os meus também.
Certo dia ela me chamou no WhatsApp falando o seguinte (Não tenho print da conversa mas vou tentar ilustrar o que houve):
Daí por diante foi somente ela se contradizendo e etc. Nesse dia eu terminei com ela, pq fiquei bastante irritado com o fato dela estar comigo e querer outras pessoas, infelizmente sou o tipo de pessoa que não consigo controlar minhas ações quando estou irritado, então acabei falando bastante besteira pra ela, eu liguei pra ela, discutimos muito e terminei a ligação falando isso: “Quer pegar homem? Pegue. Quer pegar menina? Pegue. Quer pegar na ro** de Carls (vou explicar essa situação também) pegue. Você está solteira.” E desliguei.
Eu me arrependo de ter dito isso pq acabei sendo estupido, e após isso eu postei dois status falando coisas do tipo: “Obrigado por: Mexer com minha insegurança Acabar com minha saúde mental Piorar mais ainda minha autoestima” Basicamente falando coisas que aconteceram. Eu me arrependo disso também, que mesmo somente falando o que aconteceu, mesmo sem mentir, acabei expondo ela, e não acho isso certo.
Sobre a situação que citei, vou tentar resumir, basicamente um amigo meu me contou que ela brincou de pegar no penis dele mas ela pegou com malícia, mas quando fui falar com ela ela disse que só fingiu que iria pegar mas pegou na coxa dele. Ao meu ver, mesmo sem supostamente ter pego, não é o tipo de brincadeira que se faça estando comprometido. Então me irritei muito e quase terminei com ela na época.
Bom, voltando. Depois de terminar com ela, eu fiquei muuuito mal e comecei a deixar de lado tudo se ruim que já tinha acontecido e só passei a ver o “lado bom”, que era as coisas que aconteciam durante as aulas presenciais, então acabei voltando com ela. Depois de duas horas que eu tinha pedido pra voltar com ela, ela simplesmente disse isso pra mim durante uma ligação: “Se eu tivesse vergonha na minha cara eu dava um não pra você, você tem muita sorte de me ter, terá que batalhar muito, mudar e talvez me reconquistar”
E assim, eu achei isso muita mancada, pq eu tava ali tentando fazer dar certo e etc, e ela me larga uma dessa... enfim. Eu não fiz nada na hora, somente dei uma desculpa e desliguei a chamada.
Enfim, eu penso que de certa forma eu posso ter tornado o relacionamento tóxico, pq acabei sendo muito ciumento e talvez controlador, pq eu acabava cobrando muito dela, pq ela não me tratava bem, dava espaço para as outras pessoas darem frete e etc. então eu cobrava muito coisas que eram para acontecer naturalmente, e isso acabava desgastando o relacionamento, não sei se eu acabei estragando o relacionamento, não sei se era para eu ter me estressado menos e etc. enfim.
PS: dias depois que ela falou aquilo sobre dar um não na minha cara, decidimos terminar. E também tem muito mais coisa, mas eu tentei resumir ao máximo para não ficar cansativo.
Afinal, eu fui o babaca da história?
submitted by mamamarquinhos to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.10 05:39 allydunno Completamente perdida no vazio.

Aviso: desabafo muito grande e desorganizado cronologicamente e até ortograficamente. Sei que já exclui esse post várias vezes e coloquei novamente, peço perdão.
Não tenho tanto a reclamar da minha vida apesar de não querer ela, ela nunca foi extremamente ruim, tive os brinquedos que queria e de início uma família reunida. A memória mais vivida que tenho é do bullying. Entrei em uma escola aos 11 anos e foi lá que tudo começou a desandar. Fiz um grupo de amigas inicialmente que no fim eram tudo menos minhas amigas de verdade. A minha "melhor amiga" nesse grupo sempre teve problemas psicológicos (tinha problemas com a aparência dela) e sempre tentei ajudar apesar de ser bem ingênua na época mas, acho que não fiz o suficiente ou talvez não tenha sido uma amiga boa o suficiente. Ela dizia na minha cara que me odiava, me fez sentir mal muitas vezes mas ainda sim eu sentia compaixão e empatia por ela, não por pena mas sim porque eu a considerava minha amiga de verdade. Ela chegou a quase me enforcar um dia na escola, e depois passei a entender que talvez ela me odiasse de verdade. Um dia disse que se ela morresse a culpa seria minha e até hoje eu simplesmente não consigo esquecer isso. Não quero pintar ela como a vilã pois sei que ela estava lidando com conflitos internos mas ainda sim, a forma como fui quebrada e estraçalhada nessa amizade é irreversível. Sofri bullying por outras garotas na escola, minhas outras duas amigas desse grupo me humilharam algumas vezes e foi nessa escola que fui literalmente um objeto para satisfação alheia, não importa o quanto aquelas pessoas me machucassem eu ainda estaria ali por elas firme e forte. Eu passei a me arrastar para ir a essa escola, tomava remédios de ansiedade porque toda vez que eu via aquelas pessoas eu ficava extremamente ansiosa (tive problemas físicos com isso), nunca contei nada a minha mãe e para minha vó porque nunca achei que fosse importante. Inclusive gostei de um garoto (perto do meu último ano nessa escola, passei 4 anos lá) mas hoje em dia me pergunto se gostei dele de verdade ou se senti isso porque todos falavam que a gente dava certo junto, e bem, eu queria agradar todo mundo né?...
Aos 15 anos fui para outra escola começar o ensino médio, de início foi incrível uma das melhores coisas, perdi grande parte da minha timidez e parei de tomar remédios para ansiedade. Comecei a gostar de outro menino e com ele tive meu primeiro namoro e meu primeiro beijo, no começo foi mágico mas depois tudo começou a desandar. Ele queria me forçar a fazer sexo/a ter desejos sexuais, me criticava por não conseguir demonstrar meus sentimentos e afirmava que eu não o amava por causa disso tudo. Me destruiu psicologicamente pois me fez perceber o quão fraca e covarde eu sou. Foi nesse mesmo ano que me machuquei pela primeira vez. Novamente, achei que não era importante então não contei a ninguém.
No mesmo ano comecei a gostar de um garoto, um garoto que me amava de verdade, um garoto que teve uma decepção amorosa anterior e que se tornou meu melhor amigo. Em pouco tempo a gente se aproximou, demais. Beijei ele mas decidi acabar tudo antes de começar porque tive medo, medo de machucar ele assim como eu me machuco, medo de não demonstrar sentimentos e ele se decepcionar, medo de perder tudo. Ele se afastou e parou de falar comigo para sempre, até mudou de escola, me senti a pior pessoa do mundo e me sinto até hoje. Novamente não achei importante, fiquei calada
No ano seguinte, no meu segundo ano do ensino médio, comecei a namorar um garoto que todos falaram que não valia nada mas eu precisava desesperadamente de alguém para me ouvir, me abraçar e ele pelo menos disse que faria isso, mas nunca o fez. Lembro até hoje do dia que tive uma crise na escola (por causa de uma briga familiar) e ele ficou do meu lado olhando o celular o tempo inteiro, me senti uma ridícula por estar chorando e sendo uma namorada ridícula e fraca. Ele também insista na questão do sexo e até chegamos a fazer certas coisas nada muito além mas fiz apenas para agradar, não me sinto bem até hoje com isso. Novamente, fiquei calada.
No final do mesmo ano, tive outro relacionamento, fomos amigos de início mas logo começamos a namorar, de início foi bom -como sempre- mas conforme o tempo foi passando tudo piorou. Ele também insistiu na questão do sexo e bem, foi nesse relacionamento que sofri com estupro e diversos outros toques que me incomodaram. Certos toques eu simplesmente deixei porque ele gostava então achei melhor, melhor para ele mesmo eu não me sentindo nada confortável. No estupro, não tinha muita força para entender e minha mente se tornou um clarão mas impedi ele de ir bem além porque sei que ele iria. Estou com esse menino até hoje porque não consigo terminar, tenho medo, medo de machucar ele parece ridículo mas é verdade, me tornei dependente emocionalmente e mesmo querendo muito terminar não consigo fazer isso, agora irá demorar mais ainda com a quarentena. Enfim, não achei nada disso importante suficiente para falar então fiquei quieta.
Houveram outras coisas no meio desses anos, no meu último ano do fundamental meu pai se separou da minha mãe e nunca mais apareceu, não fala comigo, tentou tirar a casa que eu, minha mãe e meu irmão moramos, passou a viver com a nova família dele, não teve coragem de falar comigo nem para dizer que minha avó paterna havia falecido (isso aconteceu no finalzinho do ano passado).
Meu irmão (quando ainda eramos pequenos provavelmente uns 10 anos e ele uns 15) parou de falar comigo, talvez por raiva, tristeza, não tenho a mínima ideia hoje em dia só trocamos diálogos simples porque moramos na mesma casa, ele e minha mãe brigam várias vezes e parecem dois estranhos entre si ao invés de mãe e filho. Sinto falta dele e das conversas que tínhamos, do abraço dele, das risadas, dos momentos que tivemos mas hoje em dia ele está bem diferente, se tornou muito ganancioso e egoísta. Acho que não tive muita sorte com homens na minha vida sinceramente kkkk
Minha mãe e minha avó são os únicos motivos para eu continuar vivendo aqui, sei que as duas não suportariam viver sem mim então continuo aqui. Minha vó sempre se apoiou em mim e minha mãe também então não seria justo simplesmente fazer elas sofrerem por minha causa.
Me tornei um mar de angústia e desespero, me perdi de mim mesma, olho para o espelho e não sei quem está la mas sei que não tenho orgulho dessa pessoa. Sinto saudades da minha infância quando tudo era diferente, hoje em dia, me tornei destruída, sinto um grande vazio no meu peito. Já senti tristeza por mim, vazio, angústia, até mesmo ódio hoje em dia não sinto nada, sinto um grande vazio num imenso mar de solidão, angústia e silêncio. Não acho meus problemas importantes suficientes por isso nunca falo, acho que outras pessoas sofrem bem mais então não devo ficar falando sobre coisas fúteis como as minhas, falei aqui porque não conheço ninguém, ninguém me conhece e vocês serão como as pessoas que vejo na rua, prestarei atenção mas não nos veremos novamente por isso é mais fácil falar. Sinto essas coisas a muito tempo, desde pequena nunca contei nada para ninguém, talvez tenha sido influência do meu pai porque ele sempre foi uma pessoa fria então talvez me tornei assim também. Me acho um monstro por não conseguir sentir as coisas, faço praticamente tudo porque os outros querem me ver fazer ou gostam, usei diversas vezes roupas para agradar os outros, penteados para agradar os outros, enfim... Me perdi de verdade, não consigo mais organizar meus pensamentos porque tudo está se tornando um borrão. Sou extremamente racional então não irei tentar nada sério, apesar de pensar, me seguro aos meus pensamentos sãos. Talvez futuramente eu procure um psicólogo quando for maior de idade, assim não tenho que dar justificativas para minha mãe não estou preparada para contar tudo isso agora. Aos 17 anos me sinto extremamente perdida, não sei se irei conseguir amar alguém de verdade, não sei quem sou mais tenho apenas leves resquícios meus nesse borrão que eu vejo no espelho, não consigo falar o que sinto, sinto compaixão por todos menos por mim mesma, perdi minha humanidade comigo e não consigo mais encontrar, me sinto um objeto para satisfação alheia. Enfim, essa é só uma parte dos meus pensamentos desorganizados, nunca fui boa para escrever sobre isso mesmo, esse é meu desabafo sobre quase tudo.
Obrigada por ler, se estiver sentindo algo parecido comigo, pare um momento e olhe para o céu: olhar para as estrelas e sentir o vento gelado me ajuda às vezes, espero que te ajude também. ❤️
submitted by allydunno to desabafos [link] [comments]


2020.06.09 15:56 tagoka_ Namoro abusivo

Oi Luba Oi pessoal que está lendo, criei uma conta no reddit só pra contar sobre essa história do meu relacionamento que por “sorte” ainda foi o meu primeiro. Eu conheci um garoto e até então ele era perfeito, varias meninas queriam ficar com ele mas ele não era muito de ficar a sério nem nada do tipo. Até que um dia, eu fui em uma festa que ele tava também, e o amigo dele veio falar comigo dizendo que ele queria me “pegar”. Daí, a gente ficou e trocamos as redes sociais um do outro, conversávamos dia e noite, ele constava que era solteiro e que tava gostando de mim, desde então a gente se via 3 vezes na semana e ficávamos, até que um dia ele foi pra minha casa e dormiu lá (não rolou nada além de coisas clichês, como jurar promessas na lua, que estava cheia por sinal) e nesse dia ele decidiu me pedir em namoro, e foi tudo mil maravilhas até a terceira semana da relação. Alguns amigos dele e meus também, começaram a mandar mensagem pra mim dizendo que ele tava em umas festas e possivelmente ficando com algumas meninas, eu era boba de apaixonada por ele e resolvi não ligar e perguntar diretamente pra ele se era verdade (coisa que obviamente ele ia negar) ele negou e eu ACREDITEI. depois de uma semana, quando iríamos comemorar o 1 mês de namoro, ele me manda de manhã cedo por volta de 08:30 varias mensagens me xingando e falando que eu era uma “puta” e vários outros xingamentos. Eu assustada comecei a chorar por que não entendia oque estava acontecendo. (Obs: eu criei um Facebook apenas pra falar com ele já que o mesmo não possuía WhatsApp nem Instagram, sendo assim, eu não sabia mexer muito nessa rede social.) Eu perguntei varias vezes por que ele tava me tratando daquele jeito e falando “acabou tudo” de uma forma rude. Até que ele me manda um print, onde parecia uma conversa minha com outra pessoa. No print a pessoa perguntava “Mana, tu traiu o xxxxx?” E eu respondia: “Depois de tudo que já aconteceu eu fiquei com duas pessoas mas so por conta daquela foto dele beijando a xxxxx, e se ele tem fama de galinha, antes ele do que eu” Essa foto era só uma amiga dele dando beijo da bochecha (nada demais, nunca me importei com essas coisas) Eu fiquei desesperada por que eu não tinha participado de nenhuma conversa desse tipo, e muito mais preocupada por que eu não tinha traído ele. (EU TAVA APAIXONADA E BOBA POR ELE SAK) Ele começou a se fazer de vítima e me fez me sentir culpada, eu adquirir problemas psicológicos por que até dizer que ia se matar ele falava pra mim, e isso me gerou um peso enorme. Eu parei de falar com ele, dois meses depois, uns amigos meus se juntaram pra descobrir como foi que ele conseguiu aquele print, até descobrirem que na verdade aquele print era fake e foi CRIADO, e o endereço de ip do print vinha diretamente da casa dele, ou seja, ele criou o print pra se fazer de coitadinho pra galera, tanto que quando isso aconteceu todos os amigos dele (ele é até hj bem famosinho) me julgaram e começaram a falar mal de mim nas redes (não só no Facebook)... como hackearam o celular dele, descobriram que ele namorava no tempo comigo e com mais 4 meninas e pra terminar comigo sem sair como babaca, ele fez esse print. Me mudei de cidade por que eu tava muito mal e minha mãe quis me trazer pra onde ela mora, até aí tava tudo bem, achei que ele já tinha superado e até achava que ele tava nem aí pra mim (eu não ligava, já tava seguindo minha vida) até que ele me manda mensagem pedindo pra voltar e disse que terminou por que estava muito mal e precisava fazer aquilo (criar o print é tudo mais) e eu nem dei bola, até mês passado, a ex dele me chamar e dizer que ele tava mostrando meu nude pra ela e pra uns amigos. Resumindo: eu dei Block e meus amigos hackearam o celular dele apagaram minha foto do celular dele e ficou por isso, ele tá até hoje tentando me mandar mensagem em varias outras redes sociais.
(Desculpa a história grande kk) Eu posso tentar achar as conversas com ele se quiserem, e o print que ele fez tb.
submitted by tagoka_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 21:50 Nanikka_03 Eu fui babaca por ter trocado meu relacionamento de 6 meses por uma paixão?

Oi, Luba! Sou sua fã e amo quando você faz colab com o Jean porque eu amo ele. Então, faz mais colabs com ele, please!
Vamos para a longa história.
Eu namorei um menino e a gente terminou 3x. Na primeira vez, eu terminei porque os meus sentimentos por ele começaram a esfriar. E eu tenho certeza que foi porque comecei a gostar de uma amiga.
Eu sentia algo muito forte por ela, sempre queria estar com ela e morria de ciúmes dela com os ficantes dela. Fiz muita coisa por ela, escrevi textos, músicas, poemas (eu só não tinha vontade de ficar com ela, o que fazia tudo ficar muito confuso na minha cabeça). Eu cheguei a chorar várias vezes por querer que ela parasse de ficar com outras pessoas já que ela sabia que eu gostava dela, pois eu tinha dito pra ela, e ela tinha me dito que sentia o mesmo! Mas ficava fingindo que essa conversa de a gente se gostar nunca tinha existido! E, ao mesmo tempo, ficava dando em cima de mim e se declarando pra mim de forma indireta, como, por exemplo, mandava trechos de música que tinha tudo a ver com a gente e dizia "gostei dessa música", aleatoriamente, ou, ainda, dizer que tinha curiosidade em me beijar e dizia que segurava as vontades loucas dela quando estava perto de mim. Era como se eu fosse apenas um ponto fixo pra onde ela podia voltar quando um dos rôles dela desse errado (ela falava de todas as paixonintes dela pra mim, toda apaixonada, e aquilo doía muito). Eu fui muito trouxa. rs
E isso tudo acontecendo durante meu namoro e o NOIVADO dela.
Eu não terminei de imediato com meu ex porque não queria aceitar a possibilidade de estar gostando de uma menina e tinha uma mentalidade totalmente diferente da de hoje. Eu continuei com ele por um bom tempo ainda (mais de um ano), porque eu achava que ia passar, que era coisa da minha cabeça, fora toda a pressão da minha família, da dele e da sociedade inteira (homofobia). Ele é um menino muito bom e todo mundo elogiava muito a gente, éramos "perfeitos" (e, por ser meu primeiro namoro, eu pensava que nunca ia encontrar alguém como ele. O que era muito bobo. Pesar que é melhor ficar com alguém que você não gosta, mentir pra si mesma e pros outros só pra ficar na zona de conforto... é bobeira).
Depois de 2 anos e sete meses namorando com ele, eu resolvi terminar, não podia mais enganar ele e me enganar daquele jeito. Mas ele não desistiu e ficou muito no meu pé, fazendo de tudo pra gente voltar. Falava comigo todos os dias, me chamava pra sair, pra lanchar, assistir filmes, etc. Eu ia, porque a gente tinha combinado ainda ser amigos (mas é claro que ele não ia sentir só amizade por mim, ele ainda gostava muito de mim e foram 2 anos fazendo planos).
Detalhe: Ele perguntou que caso ele me pedisse pra eu esperar por ele (não ficar com ninguém) se eu esperava, e eu disse que esperava. E eu realmente não fiquei com ninguém (não consigo ficar com alguém só por ficar, tenho que criar algum laço com a pessoa, então, foi fácil pra mim não ficar com ninguém. Nunca me preocupei com essas coisas e ainda não me preocupo. Se eu estiver solteira, topper, "deboas"). Porém, na primeira oportunidade que ele teve, ficou com uma menina. kkkkk
Ai ai... Sofro
Voltando...
No dia seguinte ao término, eu resolvi me afastar, também, dessa minha amiga. Ela chorou e tals. Eu fiquei mal... Mas logo me aproximei dela novamente, eu não conseguia ficar longe porque ela precisava de mim, ela dizia que se sentia bem comigo e me contava a maioria das coisas, 99%. E eu pensava que tinha que engolir meus sentimentos por ela e continuar do lado dela porque era isso que eu, como melhor amiga dela, deveria fazer (pensei). Continuei sofrendo e sendo trouxa por um tempo. Mas, depois de um mês do término, resolvi voltar com meu ex. kkkkkkk (essa minha amiga, por quem estava apaixonada, me disse pra não voltar, mas ignorei. Podia ser apenas ciúme de mim com meu namorado. Sim, ela tinha)
Pra que...
Eu ainda gostava da minha amiga e, depois de um mês, eu terminei com ele de novo. E, aqui, eu reconheço que fui a babaca da história: eu estava brigando com ele (tinha me irritado com ele e nem lembro o motivo) por whatsapp e falei coisas como: "Eu só queria que você me deixasse em paz", "Eu só fiquei com você por pena"(tipo, só tinha voltado com ele por pena).
É... eu fui muito escrota...
E foi assim que a gente terminou. Ele me pediu para bloquear ele e tals, eu fiz... a gente passou uns 6 meses sem se falar. Depois desse término, eu ainda continuei minha amizade com essa amiga e só depois de uns meses, resolvi me afastar dela real oficial. Ela ficou muuito mal, mas eu fui firme na minha decisão e consegui resignificar ela.
Depois de uns dois meses que eu parei de gostar dela, veio uma "vontade" muito grande de voltar com meu ex (que nesse meio tempo já tinha ficado com outras meninas e até namorado uma delas. E eu, fiquei com um menino. Mas nem gostei e nem queria. Foi meio que... "roubado"). E eu fui atrás dele, fiz de tudo, até melhorei várias coisas (eu era meio seca e desatenta a coisas simples do dia). Só que ele estava muito magoado e ainda tinha medo. Pra melhorar, ele estava conversando com uma amiga virtual minha e ela estava caidinha por ele. Eu deixei pra lá. E sofri muito. Passei 3 dias sem comer direito e só fazia chorar. Até que, um dia, ele soube e me chamou pra conversar. Eu fui.
Dentre várias coisas, ele disse que não era pra eu desistir porque ele sabia que eu conseguiria fazer ele voltar a sentir o mesmo por mim. E eu me enchi de esperanças naquele momento, fiquei muito feliz. Só que a menina com quem ele estava conversando, minha amiga virtual, veio falar comigo pra eu desistir dele, que ele estava apaixonada por ela e tals e um monte de coisa. Eu falei pra ela que eu gostava dele de verdade e que não ia cometer o mesmo erro, e que tinha sido justamente ele que tinha dito pra eu não desistir dele. Ele falou isso enquanto me abraçava.
Sei que ela falou com uma amiga dela, que estudava no mesmo Campus que ele e essa amiga começou a encher a cabeça dele com coisas. Dizer que eu era possessiva, que ia fazer de novo, que eu só estava querendo ele de volta porque queria sentir ele nas minhas mãos, etc, etc, etc. E eu fiquei pistola, porque eu realmente tinha mudado.
Ele me mandou o print dessa conversa e eu pude me defender. Depois de um mês da gente ficando, ele me pediu em namoro de novo. Agora, a bomba. kkkkkkk Eu descobri (bem depois, quando a gente já tinha terminado) que, umas semanas antes do dia dos namorados, ele tinha tentado beijar uma menina do Campus dele e que dava em cima dela. O que eu descobri antes disso foi que ele me traiu com a amiga da minha amiga virtual. É. Aquela que botou pilha pra ele não voltar comigo, que falou que eu era possessiva.
Foi a segunda pior decepção da minha vida. Eu confiava muito nele. Porque ele realmente me fazia se sentir segura. Ele falava coisas sobre traição que me fazia pensar "que sorte a minha por ter encontrado, logo de primeira, um menino de ouro desse". E eu tinha ralado muito pra conseguir a confiança dele de volta... eu estava tão feliz com ele...
Depois disso eu fiquei péssima e chorava até com o vento. A história ficou muito longa e ainda tem continuação, se você quiser que eu conte, deixa nos comentários.
Beijo, galera! 😘😜
Ps: Desculpe pelo título paia, não sou muito criativa. Não foi bem uma troca... eu não terminei com ele assim que percebi o que estava sentindo por ela. E, na verdade, eu não ia contar essa história, ia contar o que virá a ser a continuação dessa. XD
É que eu resolvi falar tudo do começo, pra vocês entenderem melhor. Pensei que poderia mudar o título depois. Ou seja, esse título já dá uma pista sobre a continuação
submitted by Nanikka_03 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 08:37 Ayka_Okimura Uma história bem longa sobre um nice guy

Ola Luba,gatas,Mateus,tuxo,editores novos(boa sorte) e tuma que estar a ver,a história é bem grande "Nunca ignore sua intuição" Eu estava ficando com um garoto,tinhamos ficado duas vezes,ele me chamou pra ir na casa de uma amiga minha pra beber,ia ele e o amigo dele(vamos chamar de carls),eu queria muito ir,então falei pra minha mãe que era un trabalho,ela não queria deixar eu ir,briguei com ela e td ate ela deixar(porque não ti ouvir mãe)nisso era segundo e tinhamos marcado pra sexta,fiquei conversando com minha amiga e o garoto e eles tavam querendo me jogar pro calrs,que inclusive tinha dado em cima de mim e eu lerda não entendi,ai chegou terça feira,me arrumei,e fui encontra a minha amiga,eu não tava mt afim de ir,tava sentindo que ia dar merda mas fui mesmo assim,no caminho encontro ela e o carls que tinham ido comprar bebida,descubro que o garoto que eu tava ficando so chegaria mas tarde pq tava trabalhando,ate ai td bem,fomos pra casa da minha amiga e ficamos na garragem bebendo,so que ai minha amiga viu um conhecido passando e foi conversar com ele,eu fui atras e sentei na casinha do registro de água,ate que do nd o carls vem do meu lado,me cutuca e diz "vamos?" Ai qnd eu ia perguntar vamos pra onde ele me deu um selinho,eu fiquei em choque e ele me deu outro,então minha amiga virou pra olhar e perguntou o q a gente tava fazendo e ele respondeu que não estávamos fazendo nd,depois que ela terminou de conversar voltamos pras escadas onde estavamos sentados,so que dessa vez o carls sentou do meu lado e ficou passando as mãos nas minhas costas e apertando minha cintura,ai começou a subir um fogo pq né,então o garoto que eu tava ficando chegou a gente conversou,até que eles foram buscar uma água e deixaram eu e o carls sozinha,nos beijamos e os dois "flagraram"(so que não pq quase certeza que eles sabiam) ai eles desceram e eu e o carls subimos mas pro começo da escada(era uma escada que subia reto e dps virava,então assim niguem via a gente) ficamos nos beijando e ele ficou me tocando por cima da calça e nos meus peitos (olha eu acho que se eu quero eu n vou ficar me fazendo de difícil eu estava afim então que se foda)depois disso td eu fui pra casa. No outro dia eu tive que sair pra comprar breu(é um negocio que passa no arco do violino)chamei minha amiga mas ela tava demorando pra responder,então chamei o carls,e acabou indo nós três,nisso ele foi super fofo,comprou chocolate pra mim e pra ela,ficou pegando na minha mãe e tals,me levou ate a esquina da minha casa(pq não queria que ele descesse ate a minha casa),so que no caminho ate a minha casa ele falou que tinha apostado com meu amigo(o garoto que eu fiquei e que ficou dps com a minha amiga(fiquei bem chateada qnd soube)qual de nos duas(eu e minha amiga)pedia um deles em namoro primeiro,e ficou tentando me convencer a namorar com ele,nisso eu pedi pra gente ir com calma,então chegamos,nos beijamos(dei o restante do chocolate pra uma amiga minha pq não gosto de comer muito mas isso não vem ao caso)nisso era quarta feira. Na sexta a gente marcou de os quatro ficar na casa da minha amiga,fui mas cedo la,me arrumei,eles chegaram e cada um dos casais ficou num canto,então o carls me pediu em namoro sussurando no meu ouvido,e eu não tava gostando dele mas não queria falar não na cara dele então aceitei(uma péssima escolha pq se ele não respeitou meu pedido de ir com calma n ia respeitar nd)nisso a gente fingiu que eu que pedi e claro que meu amigo n acreditou,ai eu fui pra casa e contei pra minha mãe,ela quase desmaiou(ele foi meu primeiro namorado),no outro dia levei ele pra conhecer minha familia,Luba eu escancarei minha vida pra ele,apresentei ele pras pessoas que eu mais amava,levei ele pra minha igreja e td mais,so que ele nunca me levou na casa dele(dizia que tava sem tempo,q tinha que marcar direitinho com a mãe dele),passou um tempo e eu me apaixonei,mas ele era bem abusivo,ele falava mal do meu corpo,da minha altura(eu era mais alta que ele),falava que eu parecia uma virgem no sexo(sendo q eu não me soltava por causa de um trauma meu q ele sabia e pq não tinha confiança nele pelo jeito que me tratava)desprezava meus gostos e minhas opiniões,ficava me ignorando pq eu sou mais nova que ele,e morria de ciumes do meu amigo,pq eu gostava mt dele,a gente sempre saia junto com a minha amiga,e o carls nunca tinha tempo pra mim,eu era mt chegada nesse amigo pq confiava nele e ele me entendia,n desprezava meus sentimentos e minhas opiniões,eu n sentia nd por ele,mas o carls vivia discutindo por causa desse ciúmes e terminamos algumas vezes,depois voltavamos,pq ele me pedia e eu n queria desistir,nisso ele ia ficando cada vez mais distante passando semanas sem vir me ver e sem falar comigo,e eu fui perdendo os sentimentos,numa dessas nossas brigas eu sai com meus amigos,e meu amigo levou um amigo dele(tambem amigo do meu namorado),que vamos chamar de farls,o farls é um otaku gamer skatista,daqueles que deixa de sair pra jogar lol,ele era timido e fofo,mt fofo,um verdadeiro princeso,so que eu estava focada no meu namorado e n tinha prestado atenção direito no farls nem olhado com outros olhos(e meus amigos bem que tentaram pq deram um sumiço no meio do caminho pra casa da minha amiga e mesmo assim eu e ele nem ligamos)chegando na casa da minha amiga eu me isolei num canto sozinha,coloquei um casaco na cabeça e fiquei la deprimida,então decidimos comprar uma pizza,pedimos e meus amigos foram buscar,deixando a gente sozinhos,mas antes de sair meu amigo disso "cuidado com o q vc vai fazer farls,a ayka é comprometida",nisso me atisou e eu comecei a olhar farls com outros olhos,mas n fiz nd pq tinha namorado,depois de duas semanas eu e o carls terminamos,e eu pedi pro meu amigo arrumar o farls pra mim,mas no dia seguinte o carls ficou sabendo e veio brigar comigo,ai ele pediu para voltar e eu aceitei com umas condições,que ele n ia ficar tocando no assunto do farls e que agora ele tava em teste(ele tinha me colocado em teste no nosso primeiro termino,sendo que era culpa dele que tinhamos terminado,pq ele que tava com ciumes de nd e ele que terminou),nisso a gente voltou,brigamos algumas vezes,mas dps de uma tempo ele ficou um mês sem vir me ver e sem falar comigo direito,nisso a minha mãe disse que ele tava me traindo,meu pai(que não mora comigo e n nos falamos direito so voltamos a nos falar pq apresentei o carls mas dps nos afastamos de novo)disse que ele soube que o carls tava me traindo,perguntei pro meu amigo ele disse que não sabia,o carls veio me ver e a troxa aqui disse o q eles tinham falado e ele disse que era neurose deles,depois ele sumiu de novo,mas eu n tentei puxar conversa nem nd pq n tava ligando tanto. Ai um belo dia minha amiga me diz que o meu amigo e o carls tavam num corujam com os amigos deles(passaram a noite td jogando)e um deles teve a brilhante ideia de mostrar os nuds que tinham no celular(carls tinha acabado de ganhar um celular novo)meu amigo que tava comprometido com a minha amiga n tinha mas nenhum então n mostrou nem o carls,então meu amigo foi no banheiro e qnd voltou viu o carls mostrando um nuds pros garotos,meu amigo contou pra minha amiga mas n ia contar pra mim pra n se envolver e minha amiga me contou,nisso Luba eu fui pro chão,fiquei o dia td chorando,fiquei arrasada,mas como ja tinha dado ts de mim desisti,passei o fim de semana tentando falar com o carls pra terminar mas ele n respondia minhas mensagem,enquanto isso eu marquei de ficar com o farls(pelo meu amigo é claro)e de possivelmente fazer secho,achando q o carls ia me responder a tempo,chegou o dia e o farls n pode ir,no fim desse dia o carls me respondeu eu fui tirar satisfações do ocorrido e ele disse q a garota que tinha mandado q ele n tinha me traido(so q Luba se ele n tivesse me traido ele deixaria eu ver o celular dele,coisa q ele nunca deixou mas sempre queria fuçar no meu,ele teria apagado,como me obrigou a fazer com a minha coleção de nuds qnd começamos a namorar,e n teria mostrado pros garotos se vangloriando)terminamos e no outro dia fiquei com o farls,nos beijamos na casa da minha amiga e depois saimos com meus amigoa passamos o dia passeando e no fim da tarde voltamos pra casa da minha amiga,nisso a gente foi pro quarto dela(os quatro)ela colocou um colchão no chão,a gente brincou um pouco de eu nunca(eu ganhei) e depois dormimos abraçados (no caso eu e o farls),como n tinha rolado nd de secho marcamos pra na outra semana fazer na casa do meu amigo,so q rolou uma festa no fim de semana na casa de um amigo deles,meu amigo me chamou e eu fui ja na intenção né,levei camisinha e td,so q o farls n sabia que eu ia,chegando la ele tava jogando lol,e eu n ia atrapalhar então enquanto esperava ele terminar o amigo deles e meu amigo encheram eu e ele de askov,qnd o farls terminou eles foram falar com ele sobre o motivo de eu estar la(eram duas casas ligadas então a festa tava rolando em uma e a gente ia pra outra e meu amigo e o amigo deles queriam gravar,eu aceitei na brincadeira pq achei q eles n tavam falando serio)nisso o farls ficou meio assim mas aceitou,nisso o amigo deles me levou na outra casa conversou um pouco comigo e o farls veio,fizemos e foi o melhor secho da minha vida,e os garotos gravaram mas a gente nem ligou,so q depois o carls ficou sabendo e ficou puto,brigou comigo por ter transado com o farls,por ter gravado e td mais,passou um tempo e eu fiquei mas algumas vezes com o farls e depois perdi o interesse,so q semana passada uma amiga minha apostou comigo dizendo q eu n conseguia perguntar pro meu ex o pq ele namorou comigo,como odeio q duvidem de mim perguntei,ele disse q so namorou comigo pq eu tenho buceta,eu fiquei chateada mas fingi q n liguei,so q ele passou a semana me infernizando,ele veio falar q era uma pena q a gente acabou e q a culpa era minha por ter ficado com o farls,q ele era um cara legal,disse q o farls só ficou comigo pq tava bebado e q nas outras vezes foi obrigado e q ele nunca se interessou por mim,depois ele pediu pra ficar comigo e eu disse q n pq tava ficando com alguém,ai ele me ligou,me deu os parabéns e disse q achou q eu nunca fosse conseguir alguém de novo,disse q a gente podia fazer um menage eu ele o garoto q eu to ficando e o farls,eu disse q n,ai ele perguntou se eu tinha cansado dele,eu disse q sim e ele disse q logo eu ia correr atras,dps ele veio pedindo a foto do garoto q eu to ficando,e eu mandei pq o garoto é mt lindo,bem mas bonito q ele,ai ele disse q um garoto bonito desse jeito nunca ficaria comigo e q ate ele dava pra o garoto,eu disse q eu podia arrumar um esquema pros dois pra ele se descobrir,ai ele disse q ja era bem descoberto e me bloqueou Bom lubisco a historia é longa mais foi isso,te amo bjs <3
submitted by Ayka_Okimura to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 02:23 dianajsouza Seria ela uma psicopata?

Olá Luba , Editores, gatas, Personagem de papelão e turma que está a ver.
Quero compartilhar essa historia para analisarmos juntos ;)
Vamos lá, estou separada faz pouco mais de 2 anos e tenho um filho de 4 anos.
Um tempo atrás no comecinho do ano meu amigo se separou e se mudou para um apt e me chamou para ir pra lá. Eu não queria ir nem a pau mas ele ficou insistindo e eu acabei indo .
Ficamos la conversando e comendo pizza com mais outras duas amigas dele.
Depois de um tempo pedi um Uber p voltar p casa.
No dia seguinte abri o APP happn de relacionamento e comecei a olhar lá e acabei curtindo um cara bem interessante que eu tinha cruzado o caminho na noite anterior quando fui p casa desse amigo meu.
Começamos a conversar MUITOOOOOOOOO ( tipo uns dois dias antes de realmente no conhecer pessoalmente).
Começamos a conversar lá pelas 19 horas e acabamos umas 4 da manha, no dia seguinte conversamos o dia todo pela cam do cel.
Nos conhecemos no dia seguinte, ele veio aqui em casa assistir um netflix e nos demos muito bem , tipo muito mesmo, tipo muito mesmooooooo, Digamos que ( desculpa Luba, sei que nao acredita em Signos massss tá ) ele é de escorpião e eu tb entao quem entende sabe rsrsr.
em pouco mais de 1 semana ele me pediu em namoro, vamos fazer 2 meses essa semana . ( sim, quebramos a quarentena hehehehehehe )
Ele sempre me contou absolutamente sobre tudo em relação a vida dele e suas ex parceiras e uma em especial que era mais recente e que ele conhece a muitosss anos .
Eu sempre fiquei com um pé atrás com a historia dessa ex namorada por que ele sempre me falava que ela iria vir atrás dele hora ou outra e eu ficava, será ????
Até que um dia ele pediu um Ifood aqui p casa e quando ele foi buscar a comida lá fora advinhem quem estava passando de carro bem devagarinho na hora encarando ele ????
Quando ele entra ele me conta que a ex estava passando de carro bem na hora, eu estava na cozinha com o cara que estava arrumando a minha geladeira, eu já fiquei um pouco nervosa ( nao de brava, mas sabem como ??). Nisso em uns 5 min a sobrinha dele falou que a ex tinha postado algo no Whats sobre uma música de sei lá quem que falava sobre a pessoa virar homem .
Ai eu falei pra ele, Liga pra ela, liga pra sua ex , resolve a situação, fala que tu ta feliz que tem alguém , que deseja felicidades pra ela e que acabou de x. Liga ve o que ela quer e resolve esse assunto pra ser um assunto resolvido .
Ai ele foi para o carro e ficou lá conversando com ela por cam por cerca de uns 20 min sei lá .
Quando ele voltou ele me deu um resumo e vou lhes dar um resumo .
Ela falou assim ...
--Não vai namorar a ex de um amigo meu em ( dizendo que ela era amiga do meu ex marido)
Ela sabia onde eu morava, o nome do meu filho , onde eu trabalhava, qual era o numero do meu telefone, o nome do meu ex marido, da namorada dele, sabia que eu estava alugando um quarto aqui no meu apt e ainda comentou que ele nao deveria ficar comigo por que eu estava alugando um quarto logo eu era pobre e ele iria me sustentar ( sendo que meu custo de vida máximo mensal é de 2k e o dela é de 14k segundo ele e ele ajudava com pelo menos metade dos custo dela incluindo as escolas particulares dos filhos dela mas enfim cada um com seus problemas )
Nisso eu fiquei pensando , como raios essa mulher sabe tanta coisa sobre mim ??????
Perguntei para o meu ex marido se ele conhecia essa menina ja que ela disse que era amiga dele, meu ex marido tinha perdido a mãe dele fazia 2 dias e ele me mandou uma mensagem copiado do Whats dele, ela mandando os pêsames pra ele. Ele disse que nao conhecia ela nao mas que ela tinha mandado essa mensagem pra ele . Ou seja , ela usou da morte da mae do meu ex uma desculpa para uma aproximação sabe se lá pra que.
Ai fui ver como ela sabia que eu estava alugando um quarto já que eu havia postado em um site disso e nao tinha dados nenhum meu e nem como ela saber que era eu, ai no meu facebook eu estava em um grupo sobre aluguel de quartos etc entrei nesse grupo e digitei meu nome e vi todas as minhas postagens ou comentários e tinha 1 que eu havia comentado que estava alugando a muito tempo atrás ( acredito eu que nao tem como ela saber sobre isso sem ser assim , sem ela entrar nos grupos que eu frequento no facebook, pesquisar meu nome e todos os meus comentários.
Ela ficou puta por que disse que começamos a namorar assim que eles terminaram por que eu erroneamente coloquei no meu face que começamos a namorar 1 mes antes do real início.
Ela disse pra ele que eu era bonita e que cantava muito bem ( sou cantora) entao provavelmente ela estava me stalkeando via insta tb já que ele me falou que tinha um fake dela que era tall e eu ja tinha visto em algum lugar esse nome de insta, ai fui ver se me seguia ou se eu estava seguindo e nada, ai fui ver quem tinha visto meus histories e estava la o fake dela.
Eu bloqueei meu facebook, meu insta, e como meu ex mandou a conversa dela eu adc ela no meu cel e vi que realmente a foto dela apareceu entao provavelmente ela tinha mesmo o meu numero de tel. eu bloqueei ela e assim ela está.
Resolvido o assunto deu dois dias ela mandou uma mensagem gigante para o meu namorado falando que bom que ele tinha me encontrado e que eu realmente parecia perfeita segundo tudo que ele disse sobre mim p ela , e que ele era isso e aquilo e bla bla la , que ela vai seguir a diante que nao vai mais procurar ele. Ele falou ok obrigada e boa sorte. Ela falou pra vc tb . e fim bloqueou ela e acabou.
ATÉ QUANDO ???
OBS: Meu namorado nao conhecia o seu canal Luba e hj assistimos juntos sempre que tem vídeo novo, Então estaremos assistindo caso tu grave então...
Bjo amor vc é a melhor coisa que me aconteceu nos últimos anos mesmo com essas loucuras todas heheheh
Galera é isso , será que ela vai procurar ele novamente? será que acabou ? será que ela é normal ou devo me preocupar ?
Bjos <30
submitted by dianajsouza to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.06 05:40 DinahY96 Amizade tóxica

Olá pessoas! Este é meu primeiro post, então... Espero que vocês gostem!
Eu tinha uma amiga que eu gostava muito. Vamos chamar ela de... Helena. A gente tinha 6 anos e pouco de amizade. Éramos bem grudadas e como sempre... Falávamos sobre nossos amigos, quem era bonito, etc.
Eu tinha mais duas amigas que eram muito gente boa. Vamos chamar uma de Jéssica e outra de Mariana. As duas viviam me perguntando se a Helena não era muito...Tóxica.
Como eu gostava muito da Helena, achava que era coisa da cabeça das duas. Quando a Helena começou a namorar o meu amigo, eu consegui enxergar os pontos que as duas tinham me falado.
O meu amigo, Giovanni vamos chamar ele assim. Ele namorou com a Helena há muitos anos. O Giovanni, conheço ele muito bem. Ele é fiel.
Continuando... A Helena quando via os nossos post no Facebook. Ou eu comentava post do Giovanni ou ele comentava o meu post.
AH, DETALHE... EU ESTAVA NAMORANDO E ESTAVA COM UM RAPAZ CHAMADO, GABRIEL VAMOS CHAMAR ELE ASSIM. A GENTE TAVA JUNTO A UM ANO.
Continuando... A Helena ficou com ciúmes, porque ele ficou conversando comigo no Facebook. A gente tinha grupo de amigos no Facebook e via ela fazendo escândalo com o pessoal do grupo.
Eu fiquei assustada com a atitude dela. Quando o meu relacionamento terminou, fiquei muito mal. Ela foi até falar com um " amigo " meu... Vamos chamar de corno, porque ele foi bem corno com todo mundo.
Sobre o corno... Vou falar sobre ele em outro post. Ela me defendeu do corno, fez escândalo e tudo mais. Agradeci ela.
Até que um belo dia... Quando eu tava de boa com o corno e a gente tava querendo sair juntos e tal. Quando contei pra minha amiga.
Ela me chamou de idiota, disse que se eu namorasse com ele, ela ia deixar de ser minha amiga.
( Eu tipo, wtf? A gente ia apenas comprar consoles e vídeo Games. Aonde essa menina anda com a cabeça? ) Pensei enquanto encarava ela.
Resumindo... Quando eu me apaixonava por alguém, ela dava um ataque de ciúmes pra cima de mim e eu não entendia nada.
Até que um dia... No intervalo do colégio. Ela decidiu ofender a pessoa que eu estava gostando. Quando alguém ofende, critica ou faz algo de errado para a pessoa que estou gostando... Eu avanço. Eu bato mas pra quebrar algum osso da pessoa.
( Se eu sou violenta? Talvez... x.x )
Enfim, quando a Helena ofendeu a pessoa que eu tava gostando... Eu dei um tapa na cara dela e o seu óculos voou longe.
As meninas que tavam perto da gente ficaram com olhos arregalados. Eu saí de perto da Helena pra não machucar mais ela.
O meu ex professor de Sociologia viu de longe no que eu tava vivendo. A Helena sempre me criticando, sempre tendo ciúmes e eu tentando consertar aquilo.
Até que meu ex professor de Sociologia falou pra mim se afastar DE VEZ da Helena, porque ela estava acabando com o meu Psicológico.
Eu concordei com ele. Eu me afastei dela e soube de muitas coisas horríveis dela. O Giovanni queria terminar com ela, pois ele tava também cansado de brigar com ela por conta do ciúmes e segundo que ela tava namorando dois caras. DOIS CARAS!
Como eu sabia disso? Ela falava pra mim que no serviço dela, ela namorava dois caras. Ela trabalhava num mercado, porém num setor de vender pães, salgados,etc.
Quando ela entrava para o intervalo... Ela ficava namorando dois caras. Quando a Helena me contou aquilo, eu tive que falar com o Giovanni sobre o que tava acontecendo.
O pior... É que ela mandava mensagem pra ele dizendo que amava ele. Claro... Giovanni ainda gostava dela e não terminava com ela!
Giovanni gostava de fazer shows, fazer pequenos eventos e por aí vai. Aí uma amiga minha queria conhecer ele e talvez... Tentar ficar com ele.
Ela conversou com o Giovanni sobre ela conhecer ele pessoalmente e tal. Quando a Helena soube disso. As duas quase caíram na porrada no colégio.
Até me afastei delas, pra elas conversarem tipo... Mano a Mano. Quando elas terminaram, a Helena se fingiu de inocente pra cima de mim, dizendo que ainda amava o Giovanni e por isso que ela tava insegura de ver a minha amiga do lado dele.
Na minha cabeça tava assim...
( WTF MULHER?! VOCÊ TÁ COM DOIS CARAS E ME FALA ISSO? )
Mas por fora eu estava plena.
Um dia... Ela sofreu acidente, pois ela ia para o trabalho de Biz. Mas algo aconteceu de errado com ela e deu acidente.
Eu a trouxa... Ajudei ela a sair da cadeira, sair intacta na sala de aula. Eu pegava merenda pra ela. Fazia de tudo por ela. Demorou alguns meses... Ela voltou a andar. Um pouco manca, mas conseguia.
Até que um dia... A gente tava voltando pra casa juntas. ( Minha casa era no mesmo caminho que o dela. Por isso a gente voltava pra casa juntas. )
Ela estava falando no quão idiota a pessoa que eu gostava era. Que ele não sabia de bosta nenhuma, etc. Como ela estava apoiada em mim, por causa do seu pé... Respirei fundo e meio que empurrei ela e ela quase saiu da estrada.
Segurei a Helena e acho que ela percebeu que fiquei brava e ficou calada. Claro... Eu me fingi de besta.
" Opa. Foi sem querer. "
As vezes eu também procuro briga, kkkk. Mas é porque ela me testava muito na paciência.
O dia que realmente fiquei irritada. Eu tava prestes a pedir a pessoa em namoro. A pessoa que eu gostava. Eu tinha brigado com a Helena, porque como sempre... Ela vivia me criticando, falava que eu fazia escolhas erradas, que ia deixar de ser minha amiga.
Quando terminou a aula, voltei pra casa sozinha. Porém... A Helena estava me seguindo e olhando pra minha cara. Ela queria falar comigo, mas eu não. Eu estava cansada da maluquice dela.
Quando eu parei pra atravessar a rua. Ela me parou e começou a vomitar monte de coisa na minha cara. Sério gente. Eu lembro até agora o que ela me disse.
" Se você quer ficar brava comigo, eu não me importo. Você é qualquer uma pra mim. Você é doente, vai se matar que é melhor. "
Foi exatamente isso que ela me disse.
Eu apenas olhei pra cara dela e falei.
" Beleza. "
Eu tava de saco cheio dela. Não queria nem olhar pra cara dela. Chegando em casa chorei um monte, porque eu tava esgotada e minha avó viu que eu tava péssima.
Até hoje agradeço ao pessoal que me deu apoio. Que fizeram de tudo pra ela se afastar de mim. Ah... A Helena tem uma irmã mais nova. Ela é tão gente boa. Sinto falta dela. Mas né... Não quero nem contato com a Helena.
Quando se passou três meses... Eu tinha deletado todos os contatos dela. Então, eu tava de boa. Até que vi uma mensagem no WhatsApp.
Era ela. A Helena me perguntou na maior cara de pau se eu tava bem. Ela tentava puxar assunto comigo. Eu sentia nojo e raiva, porque ela vivia falando dos garotos que ela pegava e pelo amor de Deus... Ela não era fiel a ninguém.
Ela queria voltar para o meu amigo, Giovanni, por sorte ele tava noivo já. Ela me perguntou se eu podia sair com ela e deixei ela no vácuo. Fiz questão de bloquear e excluir ela.
Uma coisa gente. Não fiquem com uma amizade tóxica. Isso acaba com o seu psicológico. O meu? Tava no 0%.
Eu tentei de tudo pra ficar do lado dela. Mas quanto mais eu descobria sobre os podres dela, quanto mais ela me deixava pra baixo... Mais eu sentia raiva dela.
Então, pessoal... Quando verem que seu amigo ou amiga tá agindo feito louco possessivo... Sai fora, porque se não... Capaz da pessoa te deixar insano. É sério isso.
Espero que tenham gostado do meu primeiro post e até a próxima!
submitted by DinahY96 to u/DinahY96 [link] [comments]


2020.04.04 05:02 Lucasmoore2016 Ela deixou de falar comigo por conta do fora

Bom conheci uma "menina" (32a) no Tinder há uns dias atrás, ela não me atraia muito fisicamente falando, ela era bonita, mas apenas não me atraia muito, como ela tinha um papo inicial legal, fomos nos conhecendo , deixei rolar para ver até onde ia...
O problema era que ela se mostrou muito carente, me disse que buscava algo sério, mas para ela parecia ser 8/80, morava em outra cidade,sempre dizia que se a gente se conhecesse ao vivo e tivesse química a gente já ia namorar etc, sempre falava comigo direcionando a conversa para namoro.
Em resumo :. Acabei dizendo que gosto das coisas devagar,gosto de deixar rolar,que como to focado na faculdade não dá para dizer que vai rolar algo sério com base em um encontro, que gosto de ter paciência.
Ela meio que insinuou que eu tinha dados esperanças, que sempre quis namoro,se eu não queria devia deixado ciente, que ela tem a vida estável e tal (servidora pública de interior) Parou de falar comigo!
Talvez pq nunca passou isso comigo, afinal no geral eu só não entro em contato e a menina percebe,mas como ela era gente boa resolvi ser honesto e meio que fui hostilizado.
Tô meio mal pq apesar de tudo gostava de conversar com ela, mas eu preferi ser honesto do que enrolar toda a vida e se conhece ao vivo e ser uma merda. Até pq gente carente é de um jeito, depois que a carência passa muda.
Já vi esse nível de carência em homem, mas nunca tinha conhecido nenhuma mulher que agisse assim, talvez por ser mais velha e de interior, afinal até bolsominia ela era. Mas enfim fica aí o desabafo.
Atualização (2 dias depois):
Ela mandou mensagem perguntando como eu estava,como o celular tava descarregando, só vi a mensagem pela notificação, nem abri. Resolvi dar uma carga no celular, aproveitei e fui comer algo para depois chamar ela e conversar.
Quando fui abrir de novo ela tinha mandando outra mensagem dizendo:
" você leu e não respondeu, não estamos na mesma sintonia então não vou me iludir achando que você vai mudar de ideia sobre relação séria...boa sorte fica com Deus, sem mágoas"
Quando ela viu que eu estava lendo já foi me excluindo ( a foto havia sumido).
Por um lado saiu um peso das minhas costas pq mostrou que ela era muito carente, por outro fiquei triste, já que podia ter uma boa amizade ou por ela que se continuar com esse atitude vai continuar solteira ou achar cara só querendo se aproveitar.
Enfim, foi isso, pelo menos tô de boa, ser honesto com você e com os outros não tem preço. Fora que descobri até que sou paciente.
Valeu a galera que postou, é bom ver as coisas de outra perspectiva e vamos continuar a luta.

FiqueEmCasa

submitted by Lucasmoore2016 to desabafos [link] [comments]


2020.02.24 23:08 flakeeight Vou terminar o meu namoro/casamento por conta da bipolaridade

Namoro desde Outubro de 2018 e moramos juntos desde Janeiro de 2019. Ele é meu melhor amigo, e foi meu primeiro namorado oficial da vida, então tudo aquilo que envolve relacionamento sério aprendi com ele. Ele já sabia que eu era bipolar, mas quando passamos a morar juntos, ele começou a presenciar minhas crises quase que diariamente.
Eu tenho uma história de vida meio filha da puta, então algumas coisinhas básicas como confiar nas pessoas, seja namorado ou amigo, são assustadoras pra mim, tenho bloqueio em acreditar em QUALQUER coisa que digam. Agora imaginem viver num relacionamento onde sua mina desconfia de tudo que você faz, sem você nunca ter dado motivo. Eu faço terapia semanalmente e já melhorei bastante, mas a confiança, puta que pariu...Isso eu não consigo depositar em ninguém. Onde a minha bipolaridade entra? Quem é bipolar tem dificuldade em dobro pra driblar pensamentos inoportunos. E também tenho crises absurdas de raiva que não condizem com o que eu sou e acredito.
Minha sorte é que ele é compreensivo, já pedi mil vezes pra ele terminar, mas ele diz que me conhece quando eu estou bem e que bota fé que isso vai acontecer. Enfim, eu já desgastei demais o que nós temos, eu tô cansada, e apesar de amar nossa vida e amar ele, existem limites...Entrei num relacionamento sem estar preparada e tô levando a outra pessoa pro fundo do poço comigo, mesmo ele se fazendo de forte.
Vou pensar direitinho em sair da casa, dividir com alguém, mas pra mim não dá mais.
submitted by flakeeight to desabafos [link] [comments]


2020.02.17 14:41 DizzyWritter Minha vida perdeu totalmente o rumo depois do término do meu relacionamento, e eu não tenho ninguém para conversar sobre

Bom, eu vou tentar resumir o máximo pois eu acho que ninguém aqui tem tempo pra ficar lendo uma história muito grande, mas vou tentar dar o máximo de detalhes possíveis.
Antes de namorarmos, já éramos melhores amigos por 6 anos, sempre nutri sentimentos por ela, mas nunca demonstrei afinal por todo esse tempo ela estava namorando, até que um dia ela terminou, passou um tempo solteira e foi quando eu tive a oportunidade de demonstrar o tanto que eu gostava dela, o máximo que eu podia, mas nunca passando da linha da amizade pois a respeitava muito, até que os dias foram passando, nosso sentimento foi crescendo e num belo dia estávamos namorando. Foi quando ela finalmente conseguiu se abrir e me contar sobre tudo que tinha traumatizado ela no relacionamento anterior, sobre quanto o ex namorado tinha sido abusivo, manipulador, babaca, entre outras coisas, e eu, como melhor amigo e agora namorado, sentei e ouvi, eu ouvi tudo sobre os traumas e inseguranças que ela tinha adquirido com aquele relacionamento, me tornei praticamente um psicólogo, ouvi coisas que até sinceramente eu não queria ter ouvido, mas para ajudar ela eu faria e fiz de tudo, e não me arrependo, eu ouvi, aconselhei, apoiei e coloquei ela pra cima, enquanto eu mostrava, dava todo o respeito e espaço e demonstrava que ela podia confiar em mim, que eu nunca ia fazer o que o cara fez, e acho que consegui fazer ela se sentir mais confiante, e não pensar mais nisso, deixar o passado pra trás e focar no futuro, e acho que depois disso ela ficou muito melhor.
Namoramos por 1 ano e eu posso dizer com certeza que foi um dos melhores anos da minha vida, nós vivíamos grudados, fazíamos tudo juntos, nos apoiávamos em todas as decisões, quando ela estava triste eu colocava pra cima, e vice versa, eu achava que tinha ganho na loteria e agora sim teria encontrado a companheira da minha vida, afinal, já éramos melhores amigos antes de namorar, eu não via nada que poderia dar errado. Depois de 1 ano de namoro e muito apoio moral e motivação por minha parte, ela conseguiu passar numa prova muito importante, e decidiu se mudar com os pais para outro estado, em busca de melhores oportunidades para o que ela queria fazer da vida, como nos amávamos bastante e não queríamos desistir, decidimos continuar com o namoro, dessa vez à distância, e a partir daí eu já comecei a me planejar, comecei a dividir minha jornada de estudos entre a faculdade que eu já estava na metade, e também comecei a estudar para concursos públicos, almejando uma vaga no estado para onde ela iria se mudar, já que na minha cabeça uma vaga garantida e a estabilidade de um servidor público me dariam a oportunidade de me mudar de vez pra perto dela, sair do meu ambiente familiar que é bem tóxico (isso talvez fique para outro desabafo), e a oportunidade de começarmos uma vida juntos, além disso, eu comecei a mandar currículos para um monte de vagas, na oportunidade de conseguir pelo menos um estágio, para ter um pouco de dinheiro e juntar para poder visitá-la.
Os primeiros 6 meses à distância não foram muito difíceis, apesar de ter as dificuldades da distância, conseguíamos ver coisas juntos, comentávamos pelo whatsapp, fazíamos chamadas pelo skype, até jogávamos alguns joguinhos multiplayer juntos para nos sentirmos mais juntos. O problema começou depois desses 6 meses, as brigas, que antes eram normais, coisas de casal, foram ficando mais frequentes, ela dizia que eu "não estava dando tudo de mim para ficarmos juntos", que eu estava "acomodado" e não estava "buscando de verdade emprego", que eu "nunca ia conseguir uma vaga do jeito que eu estava procurando", nós discutíamos, estressávamos um com o outro, mas eu sempre perdoava pois entendia que era problema da distância e juntos íamos conseguir superar, enquanto isso eu focava mais e mais nos concursos e continuava entregando currículos.
Mas as brigas continuavam, e foram ficando mais e mais frequentes, eu sentia ela mais distante, menos amorosa, tentava conversar mas ela sempre dizia que não era nada, algumas coisas de casal que a gente fazia e achávamos "fofinhas" não estávamos fazendo mais, paramos de fazer planos, praticamente tudo estagnou, ela estava muito distante, eu tentava animar, escrevia alguns textos pra tentar animar, mas acabávamos brigando pois ela dizia que eu só falava e não via nada mudar, apesar de eu estar tentando mais que tudo fazer as coisas darem certo. Até que um dia, no finalzinho do ano, sem termos brigado, sem estarmos estressados um com o outro, sem nada, ela me manda mensagem dizendo que quer conversar e termina comigo, sem mais nem menos, dizendo que "estava cansada da distancia", que "me falava as coisas e eu nunca mudava" se referindo à minha forma de tentar arrumar emprego, que eu "nunca ia achar uma vaga dessa forma" e que "estava cansada de namorar um celular". Eu tentei argumentar para que talvez continuássemos juntos mas ela estava decidida e disse que isso seria "empurrar com a barriga o relacionamento", mesmo contrariado e triste, eu aceitei o término e pedi pra ficar um tempo sem nenhum contato com ela, já que eu ainda tinha sentimentos e teria que ter um tempo pra ficar sozinho e ver o que eu ia fazer, ela aceitou, mas acabou que semanas depois ela sempre me mandava mensagem pedindo algum tipo de ajuda, e eu, besta que sou, ficava achando rude não responder ou negar, e sempre ajudava.
Então, se passou um mês do término, eu ainda estava na merda, e por um golpe de sorte, um pouco de intuição e ajuda de alguns amigos em comum, eu descobri que ela já estava com outra pessoa, e dizendo que "era uma situação atípica", que ela estava com raiva e não queria mais saber de ninguém depois do nosso término, mas que "o universo agiu para eles ficarem juntos", que eles estavam "só se conhecendo, indo devagar", e que "ele entendeu ela, e deu mais confiança no pouco tempo que se conheceram do que eu dei em todos os anos de amizade e namoro".
E agora eu estou aqui, depois de saber disso, quebrado, vazio, machucado, sem rumo nenhum na vida, pois tudo que eu mais queria era ficar junto dela, e agora não tenho mais nada, estou flutuando entre dias que estou "bem" e até consigo me concentrar em uma coisa ou outra, e dias que eu não consigo fazer nada a não ser ficar deitado o dia todo vendo vídeos aleatórios, até dar a hora de fazer alguma obrigação em casa, e até chegar a hora de dormir, onde eu me abraço no travesseiro, choro e depois durmo, eu não sei mais o que fazer da minha vida, e o que piora é que eu estou num momento que não tem nada pra fazer, eu acabei de acabar um curso que estava fazendo nas férias, tentei entrar em outros mas não gostei de nenhum, minha faculdade só volta no começo do mês que vem, e eu estou totalmente perdido, eu sinceramente não vejo mais nenhuma beleza na vida, estou quase abraçando a ideia de que relacionamentos não foram feitos pra mim, eu já sou chato pra gostar das pessoas, algumas já passaram na minha vida, mas amar mesmo (100%, como eu penso que é amar), eu só amei duas pessoas, e essas duas conseguiram me deixar de coração partido de uma forma ou outra, eu estou muito tentado a me fechar pra sempre para relacionamentos, eu não sei mais o que fazer, nem sei como tirei forças pra escrever tudo isso, eu não tenho ninguém para conversar sobre isso pois todos os amigos que eu tentei falar sempre me falavam coisas como que eu devia "sair para a balada e pegar todas" ou comer uma p***, mas eu não sou assim, nunca fui e não pretendo ser, então eu descobri esse subreddit e decidi escrever aqui pra tentar deixar meu coração mais leve, e talvez algum de vocês ler e conseguir me dar um conselho, uma luz, qualquer coisa, desculpem pelo texto gigante, eu espero que vocês leiam e me ajudem, muito obrigado por terem aberto essa oportunidade das pessoas desabafarem, desde já obrigado demais a vocês.
submitted by DizzyWritter to desabafos [link] [comments]


2020.01.05 23:55 jasonx616 Quero a opinião de vcs

Bom a história começa no começo das aulas do ano passado, eu cai numa sala nova diferente da do ano retrasado eu não conhecia ninguém ou bom quase ninguém. Lá por "sorte" estava minha melhor amiga a qual eu tinha conhecido ano retrasado"para facilitar o entendimento do texto vou chamala de Ruby". Ruby era minha melhor amiga ano retrasado Ruby havia perdido o pai e naquela época eu tinha acabado de chegar na escola e fiquei com pena da situação. Pra piorar um cara da nossa sala fez uma piada com a morte do pai da Ruby e isso a deixou muito triste. Eu ajudei ela em tudo ia com ela até a casa dela quando o irmão não podia, perguntava se ela estava bem até entrava em discussões pra ajudar a Ruby" só quando eu concordava que ela estava certa as vezes eu só botava panos quentes na situação". Eu estava visivelmente apaixonado pela Ruby com o tempo eu comecei a me apegar muito a ela e ela no começo correspondia mas no final do ano eu pedi ela em namoro e ela recusou. Falou que gostava de mim como amigo e que não queria estragar as coisas. Bom eu aceitei mesmo gostando dela ainda eu preferi continuar com amigo, ela era minha melhor amiga afinal. Ano passado nos caímos na mesma sala e até ocorreu tudo bem até o fim do 1°bimestre nesse período entrou um aluno novo e eu fui falar com ele, ele era repetente muito mais velho mas parecia meio infantil, eu falei com ele e comentei que Ruby era a minha melhor amiga e que ela era muito bonita e legal TDS gostavam dela e ela brincava de seduzir os homens ( falei isso num tom de chacota fui irônico fiz uma piada e isso me ferrou). Ruby chegou na sala logo dps e eu fui no banheiro quando voltei Ruby me olhou como se eu fosse um monstro. Ela brigou comigo disse que falaram pra ela que eu tinha chingado ela de várias coisas e que tinha falado que ela pegava TDS da escola foi um desastre eu tentei me explicar mas ela não me deu ouvidos. Ela se afastou de mim e me deixou muito triste, dps de um tempo eu me juntei a um grupo diferente e quando parecia TD bem a Ruby veio e começou dar encima de um cara de um grupo que eu estava, ela falava pra ele tudo que falou pra mim deu os mesmos apelidos se aproximou do grupo, eu ficava visivelmente desconfortável com a situação e quando mais eu esboçava isso mais a Ruby se aproximava dele. Até que finalmente a Ruby disse" vamos nos beijar fulano. Aquela altura Ruby já estava no grupo ela praticamente abandonou o grupo que ela estava pra ir no grupo que eu estava. Eles se beijaram eu fiquei na merda abaixei minha cabeça na mesa e chorei baixinho. TDS olharam pra mim e zoaram não vi nada mas deu pra ouvir eles brincando com a situação e a Ruby continuou feliz e sorridente. Isso e outros problemas me levaram a tentar o suicídio, eu falei com a Ruby pelo whatsapp sobre isso e ela disse que não se importava pra ela não faria a menor diferença. Eu tentei não consegui e eu simplesmente dps disso não consegui controlar a minha raiva e comecei a visivelmente tratar mal a Ruby, e o novo namoradinho dela. Eu ainda assim tentei fazer as pazes com a Ruby, com o tempo eu tinha aparentemente conseguido mas sempre senti uma raiva no fundo eu queria que ela pagasse. Com o tempo ela perdeu o interesse no namoradinho e eu zoei ele bastante em um período eu zoei ele tanto que até o fim do ano ele sofreu bullying e passava dias sem ir a escola mas ele sempre foi passivo comigo, nunca se impôs brigou nem ao menos respondeu minhas agressões. Até o meio do ano seguiu assim e então dps das férias algo aconteceu. Ruby mesmo tendo feito as pazes comigo não me tratava como antes e isso me deixava muito irritado mesmo sendo compressível. Até que no começo das férias eu vi algo que me deixou verdadeiramente revoltado, ela foi pra frente da sala e lá apareceu o cara que tinha feito uma piada com a morte do pai dela, e ela o abraçou, aparentemente ela tinha feito as pazes com ele e eu puto revoltei. Daquele dia em diante eu não consegui segurar a minha raiva de forma alguma. Primeiro nesse dia eu comecei a falar abertamente que tava pouco me fudendo pra ela e que ela era uma burra incapaz que só tinha um rostinho bonito. Fiquei tacando borracha na cabeça dela e ela e a sala inteira ficaram sem entender nada. Dali em diante eu fui o mais escroto possível com a Ruby. Todo dia em fazia piadas com a aparência dela todo dia tratava mal qualquer um que se aproximace dela fiz amizade com a sala toda só pra tratar ela mal. Falei pra sala toda a história e a piada que fizeram a morte do pai dela, e a sala inteira riu fiz questão das amigas dela ouvirem. Falava que ela era uma piranha um poço de aides que ela era marmita de todos os noias da escola. Em uma festinha da sala em que ela levou os copos pras bebidas eu disse que não tocaria em algo vindo daquela imunda idiota. No fim da festa fiquei brincando de tiro ao alvo usando a cabeça dela como alvo. Joguei támpa de caneta lápis tudo e no final na hora de ir embora joguei o papel engordurado na cabeça dela. Eu fazia isso e TDS sabiam disso e ninguém falava nada continuavam falando comigo e ninguém defendia ela, além das amigas no caso 1 amiga pq as outras na realidade não se importavam com isso. Ela ficava alguns dias sem ir a escola perdia provas e durante muito tempo ficava só deitada na mesa aparentemente triste. Um dia o pessoal estava brincando de verdade ou desafio e eu fui convidado afinal era amigo de quase todos. Meu desafio obviamente era algo relacionado a ela. Era me ajoelhar na frente dela. Eu fiz gravaram e eu mesmo postei no Facebook tirando sarro da situação insultei ela dei um jeito brincar com a situação. Até um certo tempo foi isso eu fazia de tudo pra que ela se sentisse mal haviam dias em que ela estava feliz e eu entrava no meio e ela ficava triste quanto mais triste ela ficava mais eu ia me aproximando. Até que um dia em que eu comentei sobre a piada com o pai dela ela me chamou no WhatsApp e falou pra que eu parasse que ela não merecia aquilo que ela não era responsável pela minha tristeza e que se queria que tudo se resolvesse era só conversar com ela. Eu tentei conversar com ela no outro dia mais não adiantou muita coisa porém eu parei de tratar ela mal. Ainda queria me vingar mais mas acho que tava exagerando, continuei sem falar com ela e fim da história. Acham que oque eu fiz foi certo? Errado? que ela tava errada? Que todos estavam errados?. Dêem suas opiniões
submitted by jasonx616 to desabafos [link] [comments]


2019.12.01 22:08 mathgod88 Comportamento humano

Galera o seguinte, conheci uma menina ano passado no final do ano e começamos a sair, passamos a virada juntos e conversavamos todos os dias sem falta, éramos amigos mas sempre ficávamos e tinha esse afeto, eu fui na casa dela várias vezes jantar e assistir filme, ela veio na minha e quase sempre saíamos final de semana e continuamos por meses até que..
ela conheceu um garoto na faculdade que gostava dos mesmos desenhos que ela e eles começaram a conversar até que ela me disse que eles haviam ficado, eu fiquei triste, mesmo sabendo que não estávamos namorando eu esperava que ela tivesse mais consideração, afinal ela ficou com esse menino 1 semana depois de termos transado pela primeira vez, e eu tentei conversar com ela sobre isso , disse que não gostava e tal e quase terminamos amizade, eu senti que já tinha perdido ela mas mesmo assim continuava conversando, até que estávamos conversando e decidimos sair, foi legal e tudo e quando cheguei em casa disse que dps das férias ela provavelmente iria falar com o menino denovo e eu não ia ficar tiltado, ela disse que não estava falando com ele e que ela se irritava quando recebia mensagem dele, então ficamos próximos denovo e ela deu ideia de namorar, durou 2 meses, estávamos tão bem como amigos e nesses 2 meses de namoro ela foi se afastando e eu percebendo tentei conversar, ela não queria de jeito nenhum, perguntei se era outra pessoa e ela disse que não e simplesmente chegou a um ponto que ela se irritava comigo por qualquer coisa, eu sempre tratei ela bem, tentava motivar ela e me importava muito mas ela simplesmente falou que não queria mais, apesar de eu não ter feito nada e a mudança foi tão repentina que fiquei espantado e fiquei no pé dela correndo atrás pra tentar entender o porquê daquilo, ela é bissexual e disse que queria uma garota mas que pegava homem por ser mais fácil, mas também ela disse que não escolhia por quem ela tinha interesse, ela dizia que eu tinha sorte, depois disse que todos os homens são ratos nojentos e essas coisas foram acumulando sabe, eu não podia mais passar a mão na cabeça e eu também sabia que ela não gostava de conversar sobre, amor, relacionamento e tal, pra ela parece que foi um passatempo.
Eu atribuo isso ao fato do primeiro namoro dela de 4 anos, o cara terminou com ela e ela nunca superou, nas próximas relações dela, ela sempre terminou desse jeito e como eu sabia disso, continuei tentando fazer ela conversar e ver que nem todo homem é assim, só recebi patada e por algo bobo que eu disse sobre computação, ela disse, "você é muito estranho, não quero mais falar com você ", pra mim foi uma desculpa idiota e depois disso eu ainda tentei mas ela me bloqueou no WhatsApp, Instagram e twitter, a última coisa que ela disse foi que já estava saindo com alguém e perguntou se eu estava feliz..
antes disso ainda eu expliquei meu lado pra ela, éramos amigos, dps ela teve ideia de namorar, e dps virou nada, sendo que não houve nenhum evento catastrófico, ela disse que entendia mas que não se importava, eu tinha cuidado para contribuir com a felicidade dela dia a dia para acumular e ela me amar mais, enfim.. fui na casa dela e peguei as coisas que eu tinha dado, a mãe dela mandou mensagem em seguida perguntando oque estava acontecendo e falei pra ela, amanhã ainda irei conversar com a mãe dela enquanto ela estiver na faculdade, o fato é que evidências apontam que ela ficou tão mal pelo relacionamento que falhou que ela de alguma forma programou a mente dela para não se importar com nada, não é só em relacionamento, uma das respostas favoritas dela é "não sei" e isso me frustra, não existe nenhum esse ser humano que pode ser insensível a tudo, no final sempre queremos alguém que nos trate bem, que nós de confiança e segurança e que se importe de maneira mútua, então eu não consegui quebrar o gelo dela, ela tem que querer também mas pelo jeito ela vai ficar daquele jeito por muito tempo, alguém já passou por isso ?
Ps: ainda estou triste com tudo mas já acostumei, terminamos há uns 2 meses, disse pra mãe dela que gosto do pessoal ainda e não estou com raiva de ninguém, ela disse que não está com raiva de mim também mas agora eu sinto que não posso fazer nada, queria ajudar ela a entender as coisas, tem 19 anos a criança
submitted by mathgod88 to desabafos [link] [comments]


2019.10.25 18:58 sugcam Depressão, problemas, solidão

Terminei um namoro há alguns meses, com uma garota que mora em um estado bem distante. Brigamos e nos bloqueamos, eu digo com convicção que não gosto dela. Porém, ontem ví ela aqui na cidade em que moro, por ocasião de vestibular, nunca senti dor maior, não sei bem o porquê. Minha depressão se acentuou muito e estou deprimido profundamente nesses últimos dias. Sinto que não fui nada pra ela, sinto que não tenho amigos que me suportem, sinto que não há saída para o que eu sinto. Antes eu achava que a depressão era apenas uma tristeza constante, além de um elixir artístico, pois, escrevia poemas e me fechava em livros para cura-la. Mas descobri que não é isso, é um inferno, completamente sem saída. Já tive pensamentos suicidas antes, mas agora não saem da minha cabeça. Se Deus existe, ele terá que implorar pelo meu perdão pelo que eu estou sentindo dentro de mim( baseado numa frase judaica, créditos pra ele)
Sou um cara bonito, relativamente alto, com iniciativa. Tenho alguns problemas internos, mas, quem não tem? Diversas garotas já se sentiram atraídas por mim e vice-versa, mas agora não sinto vontade de fazer absolutamente nada com ninguém.
Ver a minha ex com um amigo que me traiu foi uma das maiores dores que já senti(detalhe: ela me contou um segredo extremamente íntimo dele) . Ademais, sinto que ninguém está disposto a me ajudar, apenas um amigo que passou por algo parecido, um pouco mais leve. Todos parecem tratar o meu estado de alma como " frescura"; eu entendo o lado deles, sempre fui aquele cara rígido de cara fechada que nunca chorou, mas não é o caso agora.
Não sou santo, fiz muita merda naquele namoro, fiz muita mal à minha ex. Fiz muito bem também, mas parece que aquele é o único lembrado, pois pelo visto sou um monstro pra ela.
Meu pai teve muitos problemas com álcool, alcólatra mesmo, por isso, nunca tive curiosidade de beber para me divertir em festas, etc. Todavia, comecei a beber ontem e me fez um bem absurdo, não pensava em nada e consegui até dar umas risadas. Tenho medo de me viciar no álcool, embora saiba que é a única coisa que me alivia o sofrimento.
Eu queria alguém pra conversar, sabe? Aquela pessoa que tenta te entender, aquela pessoa que você quer entender. Queria só ter uma pessoa para ouvir o que eu sinto e me dizer, no mínimo, um " vai melhorar". Não tenho isso.
Perdoem-me se houver erros de português, não estou na posição de ficar revisando um texto. Foi só um desabafo mesmo, me desejem sorte, rezem por mim, vou tentar me recuperar(como sempre fiz) e espero poder voltar aqui para dar meu testemunho de vitória. Abraços, fiquem com Deus.
submitted by sugcam to desabafos [link] [comments]


2019.10.20 01:39 Adribaka #turmafeirababaca

Oi Luba, editores e turma, essa história aconteceu esse ano e eu realmente queria saber se eu fui babaca ou o menino(na verdade eu sei que foi ele mas queria ouvir a opinião de mais pessoas). Ok vamos começar: Eu sou de Santa Teresa, uma cidadezinha quase esquecida no Espírito Santo e eu comecei meu 7° ano esse ano e eu tava muito feliz por isso pq minha mãe tinha falado que eu tinha reprovado(se arrependeu da trolagem quando eu comecei a chorar), e por minha sorte estava na mesma sala que meu bff Henrique(citarei nomes to pouco me lascando pro que eles vão falar ou pensar) e eu gosto muitooo de desenhar e em uma aula de ensino religioso a professora pediu pra gente desenhar um monstrinho, era algo pra mostrar que todos eram diferentes ou algo assim, e foi ai que eu tinha achado que tinha conhecido o meu rival Arthur mas nós nos demos muito bem inclusive nossa primeira conversar foi de Undertale. Papo vai e papo vem chegou o mês do niver dele, obviamente eu não sabia mas fiquei surpresa que ele fazia niver no mesmo dia da minha mãe, mas antes do mês do niver dele eu tinha notado uma coisa: EU ESTAVA GOSTANDO DELE! E pior isso foi depois que eu fui na casa dele e conheci a mãe dele, que pôr mais que fosse uma mãe solteira que estava namorando ela era muito gentil e bonita e estava gravida da irmã dele, sério ela criou o Arthur quase que sozinha até conhecer o pai do irmão dele. No dia do niver dele eu decidi me declarar e AH! Ele sentia o mesmo! Fiquei muito feliz mas todos sabemos que felicidade de pobre dura pouco, com uma ou duas semanas de namoro ele mandou uma mensagem pra mim numa sexta feira dizendo que queria falar comigo e na segunda ele faltou e depois não falou mais comigo. Resumindo... Ele saiu espalhando que eu era abusiva e abusava da boa vontade das pessoas e pediu para todos os meus amigos se afastarem de mim, até o Henrique! Eu fiquei muito triste mas muita gente ficou no meu lado inclusive minha mãe querida, no começo desse mês ele começou a espalhar que eu era lésbica pra outra sala eu não sou mas mesmo que fosse, ELE NÃO TINHA O DIREITO DE SAIR ESPALHANDO! E o pior, ELE IA FALAR COM A CONSELHEIRA/COORDENADORA DE CORREDOR QUE EU ESTAVA FALANDO MAL DELE! Então eu tomei atitude e pedi para minha professora de português que gosta muito de mim pra deixar eu ir falar com a moça do corredor, que é apelidade carinhosamente de Jô, e ela falou com ele e deu uma bela de uma conversar pra ele parar. Eu me sentei longe dele mas não deixei de notar que ele não parou de fofocar de mim, mas o karma bateu e nessa sexta feira dia 18 eu soube que ele recebeu um fora de uma menina muito bonita. E eu só queria falar que realmente falei um pouco mal dele mas não igual ele estava falando de mim e sou realmente meio abusiva e possessiva pq tenho trauma de abandono e tenho medo de ficar sozinha sem amigos de novo. Desculpa ficou muito longa mas fazia tempo que eu queria falar disso com vc <3 Então Lubisco, Lubinha, príncipe da minha vidinha, quem foi o babaca? E oq vc acha que eu deveria fazer para superar o meu trauma e pra isso não acontecer de novo?
submitted by Adribaka to whostheasshole [link] [comments]


o homem sem sorte O Homem Sem Sorte - Por Roberto Carlos Ramos (O Contador ... A Historia do Homem sem sorte - YouTube 17 Momentos em Que as Pessoas Tiveram uma Sorte ... - YouTube O homem sem sorte #horadahistórinha KARA VEIA - FILHO SEM SORTE - YouTube TERMINEI COM O NAMORADO DA MINHA IRMÃ SEM ELA SABER ... O NOSSO NAMORO É FAKE, TODA A VERDADE!! - YouTube 7 sinais que o namoro não vai dar certo - Pe. Chrystian ... Sorte no amor (filme com Lindsay Lohan) Filme Completo ...

FRED, UM HOMEM SEM SORTE NO AMOR JORNAL DA BESTA FUBANA

  1. o homem sem sorte
  2. O Homem Sem Sorte - Por Roberto Carlos Ramos (O Contador ...
  3. A Historia do Homem sem sorte - YouTube
  4. 17 Momentos em Que as Pessoas Tiveram uma Sorte ... - YouTube
  5. O homem sem sorte #horadahistórinha
  6. KARA VEIA - FILHO SEM SORTE - YouTube
  7. TERMINEI COM O NAMORADO DA MINHA IRMÃ SEM ELA SABER ...
  8. O NOSSO NAMORO É FAKE, TODA A VERDADE!! - YouTube
  9. 7 sinais que o namoro não vai dar certo - Pe. Chrystian ...
  10. Sorte no amor (filme com Lindsay Lohan) Filme Completo ...

Oi galera, nesse vídeo eu vou trollar a minha irmã e meu cunhado, terminando o namoro deles. MEU LIVRÃO ESTÁ EM PRÉ-VENDA! https://www.saraiva.com.br/vem-com... -- O PADRE NA INTERNET -- Site: http://www.pechrystianshankar.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/padrechrystian/ Instagram: https://goo.gl/fP3NnX ( @... Para questões relacionadas a direitos autorais, entre em contato conosco: [email protected] TechZone https://goo.gl/5mT49h Há dias em que tudo parec... Narração de histórias para adultos: O Homem Sem Sorte - (Contação de Histórias) - Duration: 14:03. Andi Rubinstein 236 views. 14:03. 12 Year Old Boy Humiliates Simon Cowell - Duration: 5:37. Galera nesse video eu mostro toda a verdade do meu namoro!! RAFFA: https://www.instagram.com/raffaelasouza_/?hl=pt-br RAFFA: https://www.youtube.com/channel/... O Homem Sem Sorte - Por Roberto Carlos Ramos (O Contador de Histórias) Este vídeo é uma parte de uma Palestra Motivacional do Professor e contador de históri... Palestra Motivacional - Roberto Carlos Ramos (Contador de Histórias) KARA VEIA É NO ORKUT CLUBE DO FORRO ANOS 80 Forro das antigas, Alcymar Monteiro, Jorge de Altinho, Assisão, Amelinha, Jose Orlando, Flavio Jose, Beto Barbosa... Reflexão: Conheça a história de um menino sem sorte até na hora de seu sepultamento - Duration: 16:14. Wanderley Filho Recommended for you. 16:14. You're Beautiful ... A bem-sucedida Ashley tem uma vida maravilhosa e é conhecida como a garota mais sortuda do mundo. Entretanto, após beijar o desastrado Jake em um baile a fan...